Conselho de Disciplina da FPF confirma multa a diretor de segurança da SAD

Em causa uma tarja exibida pelas claques durante o encontro com o Moreirense

• Foto: Miguel Barreira

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) recusou esta terça-feira o recurso apresentado por Vasco Santos, diretor de segurança da Sporting SAD, da decisão anterior que o condenara a pagar uma multa de 230 euros, por ter permitido que, durante o embate com o Moreirense, uma das claques exibisse uma tarja contras os "agentes comissionistas".

O acórdão do CD é claro no que diz respeito à responsabilidade de Vasco Santos neste acto, por considerar provado que o diretor leonino "não impediu os adeptos de entrarem e exibirem as tarjas" e que este agiu de forma livre consciente e voluntária, bem sabendo que ao não evitar o referido acontecimento estava a violar deveres regulamentares que sobre si impendem".

Perante isto, resta a Vasco Santos recorrer para o Conselho de Justiça, se considerar que existe matéria para recurso, ou então pagar os 230 euros de multa e, da próxima vez evitar que os adeptos exibam tarjas com críticas, como aqueles que foram mostradas durante o Sporting-Moreirense.

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.