«Devemos ser os primeiros a denegrir o Sporting fazendo o trabalho sujo dos nossos adversários?»

Rahim Ahamad, membro do Conselho Diretivo, aponta o dedo aos "mesmos de sempre" que criam "ruído"

• Foto: David Martins

Rahim Ahamad, membro do Conselho Diretivo do Sporting, criticou o "ruído" que continua a rodear os leões feito "pelos mesmos de sempre".

"Infelizmente, e num momento que o clube precisa de estabilidade, continuamos a ter ruído gerado pelos mesmos de sempre que tudo fazem, tudo dizem, tudo escrevem, para afetar, desgastar fragilizar, colocando as suas agendas pessoais acima dos interesses do Sporting. Será que devemos ser os primeiros a denegrir o nosso clube fazendo o trabalho sujo dos nossos adversários? Alguém está errado! E não são os que querem defender e engrandecer o Sporting", pode ler-se no editorial da edição desta quinta-feira do Jornal Sporting.   

No texto, Rahim Ahamad apontou ao discurso de Frederico Varandas na entrega dos prémios Rugidos de Leão, elogiando "o muito que já foi feito pela sua direção" e sublinhando que os leões sabem que têm "de fazer mais especialmente no futebol".

"A nossa história não nos ajuda: nos últimos 35 anos apenas vencemos por duas vezes o campeonato nacional. Obviamente que não se trata de baixar as expectativas, mas sim de realismo e pragmatismo. (...) O investimento na formação de forma a recuperarmos o nosso ADN e sermos a melhor formação de Portugal e uma das melhores da Europa é uma das pricipais apostas deste mandato e que, certamente, permitirá obter ganhos desportivos e financeiros muito para além desta direção. Quem quer que venha a seguir, terá sempre condições para fazer mais, porque receberá um clube em muito melhores condições do que esta direção recebeu", conclui.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.