Dias Ferreira: «Sporting não sai desta crise se não apostar fortemente na SAD»

Antigo dirigente defende uma mudança de paradigma do futebol verde e branco

• Foto: Vitor Chi

Dias Ferreira, antigo dirigente do Sporting, preconiza um novo "paradigma" para a SAD leonina, considerando que só com uma alteração profunda será possível ultrapassar a crise instalada no futebol verde e branco.

"Essa mudança tem que ser a SAD completa! Eu considero que o Sporting não sai desta crise tão cedo se não apostar fortemente na SAD e, em termos de investimento, ser uma coisa feita com cabeça tronco e membros. Temos que mudar completamente o paradigma do futebol", advogou o jurista, de 72 anos, admitindo ser um crítico do rumo que está a ser seguido por Frederico Varandas, embora sinta dificuldades para identificar esse rumo.

"As pessoas, às veze,s param para refletir e mudam um certo rumo, mas, neste momento, eu francamente não sei qual é o rumo… O Sporting tem pouco futuro com este rumo. Nem é o presidente é o Sporting", defende Dias Ferreira, que apesar do tom crítico continua a querer que a equipa de futebol some os três pontos a cada jornada.

"Eu sou crítico do Frederico Varandas, assumida e manifestamente, mas não estou à espera de desaires. Acima disso está o Sporting. Todos temos razões para ser críticos. Espero que o Sporting ganhe os jogos todos. As críticas que se fizeram até agora mantêm-se, aconteça o que acontecer", conclui o também ex-presidente da mesa da assembleia geral do Sporting.

Por João Lopes
24
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.