Directivo diz que protocolo com Sporting está válido e alega incumprimento de duas cláusulas

Claque diz ter sido notificada entretanto do corte nos apoios por parte da direção do clube

• Foto: MOVENOTICIAS

A claque Directivo Ultras XXI assegurou esta quinta-feira que o protocolo com o Sporting permanece válido, por desconformidade na rescisão por parte do clube. Em comunicado, o Grupo Organizado de Adeptos (GOA) diz ter sido notificado na quarta-feira da carta datada de domingo, sobre a resolução do acordo celebrado com o emblema leonino em 31 de julho de 2019.

No entanto, o Directivo alega o incumprimento de duas cláusulas neste protocolo para defender a sua validade, nomeadamente a promoção do diálogo para dirimir divergências e a falta de aviso por correio eletrónico desta rescisão. "O protocolo mantém-se formalmente válido e em vigor na presente data", lê-se no comunicado.

O Directivo Ultras XXI considera que o Sporting o acusou "falsamente" de falta de "apoio devido aos atletas do Sporting, nomeadamente da equipa principal de futebol", naquele que era um dos argumentos do clube para a rescisão "com efeitos imediatos" dos protocolos com esta claque e com a Juventude Leonina.

Outro argumento apresentado pelo clube foi a "escalada de violência" que resultou em tentativas de agressões a dirigentes do clube, em 19 de outubro, num jogo de futsal.

Na sequência do fim do protocolo, o Sporting cancelou os bilhetes de época destas claques, para estádio e pavilhão, assim como retirou várias regalias aos seus elementos, como os descontos em ingressos e os subsídios nas deslocações.

"Esta inenarrável situação, à semelhança do sucedido na passada terça-feira [dia do jogo entre Sporting e Oliveirense, do Nacional de hóquei em patins], não impedirá os associados que integram este GOA de continuar a marcar forte presença em todo o lado e, em conjunto com a restante curva sul, prestar o habitual e sistemático apoio a todas as equipas do Sporting Clube de Portugal que honram e dignificam a nossa camisola", refere Directivo Ultras XXI.

A equipa principal de futebol do Sporting defronta hoje os noruegueses do Rosenborg, em jogo da terceira jornada do Grupo D da Liga Europa, a partir das 20:00, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Leia o comunicado na íntegra: 

A Associação Directivo Ultras XXI, na qualidade de Grupo Organizado de Adeptos (GOA) e de Associados do Sporting Clube de Portugal, vem, pelo presente meio, informar os seus Associados e o público em geral do seguinte:

1) No dia de ontem, foi este GOA finalmente notificado, por meio de carta registada com aviso de recepção, datada de dia 20 mas apenas expedida dia 22, da intenção da Direcção do Sporting Clube de Portugal e da Administração da Sporting SAD de procederem à resolução do Protocolo celebrado no passado dia 31 de Julho de 2019;

2) Os fundamentos da referida resolução remetem para o teor do Comunicado do passado Domingo, nomeadamente, acusando falsamente este GOA de uma "sistemática falta de apoio" aos atletas das equipas do Sporting Clube de Portugal, em especial, os da equipa principal de futebol profissional;

3) A referida notificação, à semelhança do anúncio público da mesma, ignora por completo a obrigação, assumida por ambas partes na Cláusula 20.ª do Protocolo, de, previamente a qualquer resolução, promover o diálogo para dirimir eventuais divergências quanto ao cumprimento do mesmo;

4) Acresce que, uma vez mais, verifica-se um manifesto incumprimento dos formalismos necessários para operar a resolução do Protocolo, previstos na Cláusula 21.ª do mesmo, que passamos a citar:

21.1. […] as comunicações dirigidas pelo SCP e pela SCP SAD ao GOA serão válidas se efetuadas:

21.1.1 Por carta registada com aviso de receção para a morada indicada no Anexo I, e

21.1.2 Por correio eletrónico para os endereços eletrónicos indicados no Anexo I.

5) Atento o facto de este último formalismo não ter sido cumprido, o Protocolo mantém-se formalmente válido e em vigor na presente data;

6) Ignorando este facto, a Direcção do Sporting Clube de Portugal decidiu, na passada 3.ª Feira, sem qualquer aviso prévio, cancelar as Gameboxes Modalidades adquiridas onerosamente por Associados do Clube no âmbito da parceria protocolada, impedindo-os de aceder ao Pavilhão João Rocha, dessa forma coarctando de forma inexplicável e ilegal os seus direitos;

7) Igualmente sem qualquer comunicação ou aviso prévio a este GOA ou aos Associados, violando os direitos destes como consumidores, foram canceladas as Gameboxes Futebol adquiridas no âmbito da parceria protocolada, impedindo o acesso dos mesmos ao Estádio José de Alvalade já na noite de hoje;

8) Esta inenarrável situação, à semelhança do sucedido na passada 3.ª feira, não impedirá os Associados que integram este GOA de continuar a marcar forte presença em todo o lado e, em conjunto com a restante Curva Sul, prestar o habitual e sistemático apoio a todas as equipas do Sporting Clube de Portugal que honram e dignificam a nossa camisola;

9) A este propósito, deixamos um agradecimento público a todos os associados anónimos do Sporting Clube de Portugal que, de Norte a Sul e até do estrangeiro, manifestaram a sua solidariedade para com este GOA e disponibilizaram-se para ajudar no sentido de garantir que todos os que viram a sua Gamebox ilegalmente cancelada possam marcar presença em Alvalade, em noite europeia, para apoiar a equipa e, assim esperamos, empurrá-la para a vitória;

10) Deixamos igualmente uma promessa: por muito que tentem, a nós, nunca ninguém nos vai calar!

11) Em qualquer lugar e de qualquer maneira, presentes pelo Sporting, Sempre!

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.