Duas equipas com os nervos à flor da pele

Rui Costa no ‘olho do furacão’

• Foto: José Coelho/Lusa

O jogo acabou sem grandes confusões, mas ao longo de 90 minutos foram muitos os nervos por parte das duas equipas. A arbitragem de Rui Costa foi, quase sempre, o motivo de maior tensão, ele que começou por não agradar aos leões e acabou debaixo de fogo dos fogaceiros.

Ao longo da 1ª parte foram vários os momentos em que os jogadores do Sporting protestaram de forma veemente com Rui Costa, queixando-se, sobretudo, da dualidade de critérios apresentada pelo árbitro. O momento de maior tensão aconteceu à passagem do minuto 23, altura em que Rui Costa assinalou penálti a favor do Feirense. Aí os protestos estenderam-se ao banco leonino, zona onde se deslocou Bas Dost para se queixar ao 4º árbitro.

Na 2ª parte, com o avolumar do resultado a favor do Sporting, foi a vez de os jogadores da equipa da casa se começarem a virar contra Rui Costa. Philipe Sampaio mostrou-se sempre muito indignado com as decisões do árbitro e acabou amarelado. O mesmo aconteceu com Tiago Silva, que viu cartão amarelo por protestos, continuou exaltado e acabou expulso pelo árbitro.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0