Elsa Judas divulga carta aberta a Bruno de Carvalho: «Não és homem de mandar fazer»

"Tens uma alma e um coração puros, mas também impulsivos, que por vezes te cegam", diz ex-líder da Comissão Transitória da Mesa da AG do Sporting

Já chamou Bruno de Carvalho de "aldrabão", avançou com uma queixa-crime contra ele, mas agora o discurso mudou... e muito. Elsa Judas, ex-líder da Comissão Transitória da Mesa da AG do Sporting, divulgou na quinta-feira uma "carta aberta a Bruno de Carvalho" no mesmo dia em que o ex-presidente leonino saiu em liberdade depois de ter estado detido na sequência da investigação ao ataque à Academia de Alcochete, e assumiu que as divergências entre os dois estão ultrapassadas. 

"Trabalhámos juntos. Sim, tivemos as nossas divergências, sim afastámo-nos, quer por divergências de posição em determinadas matérias relativas ao Sporting, quer, sobretudo pelo que mutuamente dissemos intempestiva e publicamente um do outro, tendo ambos, e tu sabes, excedido (ao que não foi alheia a intervenção de um terceiro). A seu tempo, felizmente, porque somos ambos na essência pessoas leais e bem formadas, tudo foi ultrapassado. A bondade da vida está em se saber ultrapassar as coisas menos boas", escreveu.

E prosseguiu: "Conheço-te. Tens uma alma e um coração puros, mas também impulsivos, que por vezes te cegam, mas quando erras não tens qualquer problema em reconhecê-lo. Não és homem de planear ataques, és sim homem de olhos nos olhos enfrentar as pessoas e as situações. Tens os teus defeitos obviamente, todos temos. És, no melhor dos sentidos, 'um menino dos papás'".

Leia o post na íntegra:

"Carta aberta a Bruno de Carvalho

Bruno, fico muito feliz por ter sido feita, parcialmente, justiça, totalmente só quando este terrível processo for arquivado, em sede de instrução. Não aceito sequer que vás a julgamento. Não és homem de mandar fazer.

Trabalhamos juntos. Sim, tivemos as nossas divergências, sim afastamo-nos, quer por divergências de posição em determinadas matérias relativas ao SCP, quer, sobretudo pelo que mutuamente dissemos intempestiva e publicamente um do outro, tendo ambos, e tu sabes, excedido (ao que não foi alheia a intervenção de um terceiro).

A seu tempo, felizmente, porque somos ambos na essência pessoas leais e bem formadas, tudo foi ultrapassado. A bondade da vida está em se saber ultrapassar as coisas menos boas.

Nao nos iludamos, hoje foi ganha uma batalha, uma grande batalha, mas não a guerra.

É nos momentos difíceis que os amigos, dão a cara, independente das consequências.

Conheço- te. Tens uma alma e um coração puros, mas também impulsivos, que por vezes te cegam, mas quando erras não tens qualquer problema em reconhece-lo. Não és homem de planear ataques, és sim homem de olhos nos olhos enfrentar as pessoas e as situações. Tens os teus defeitos obviamente, todos temos.

És, no melhor dos sentidos, 'um menino dos papás', desse grande pai que é o Senhor Engenheiro Rui de Carvalho, e da senhora tua mãe, que tão bem te criaram, e tanto te amam. E a quem publicamente presto a minha homenagem.

Força, coragem e calma. Nada acontece por acaso."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.