Elsa Judas, presidente da comissão transitória da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, afirmou este domingo que Benfica e Wolverhampton são os dois únicos clubes que podem acolher Rui Patrício após o guarda-redes ter invocado a rescisão de contrato por justa causa.

"Nenhum clube honesto, sério e de boa-fé… Só há dois clubes onde o Rui Patrício pode jogar. Em Portugal é no Benfica, pelos motivos que todos conhecemos. Estamos a falar em lealdade, ética, valores desconhecidos nessa instituição - o FC Porto disse claramente que não assumia essa responsabilidade. E no estrangeiro, o Wolverhampton", referiu na Sporting TV.

A responsável leonina adiantou ainda que, caso não venha a verificar-se a justa causa alegada pelos jogadores, estes vão ter de pagar uma indemnização ao Sporting: "Não há clube nenhum no Mundo que queria suportar o valor das cláusulas, por exemplo do Bruno Fernandes. São só 100 milhões. O valor de mercado na é aproximado [à cláusula]".

Autor: Luís Miroto Simões