Falta de rubricas gera polémica

Em causa a ata da reunião de quinta-feira

Um dos pontos de discórdia em relação ao que ontem foi divulgado prende-se com a sua própria definição. Apesar de o CD falar em ata, os restantes órgãos sociais que estiveram na reunião recusam esse conceito, dado que aquele resumo não está assinado por todos os presentes, como seria requerido. "Foi lavrada a presente proposta de ata, a qual não pode ser assinada por todos os presentes, em virtude de os referidos (MAG e CFD) se terem ausentado", lê-se.

Contactado por Record, Dias Ferreira, jurista e antigo dirigente do clube, diz que se trata da "palavra de uns contra os outros". "Ainda não a li, mas juridicamente uma ata que não está assinada não vejo o que possa valer", frisou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas