Figo exclui-se da corrida à presidência: «Equipa precisa de tranquilidade, paz e confiança»

Antigo jogador surpreendido por ver o seu nome como provável candidato a suceder Bruno de Carvalho

• Foto: Fernando Ferreira

O antigo futebolista Luís Figo disse esta quarta-feira que a equipa do Sporting "necessita neste momento de tranquilidade, paz e confiança", numa mensagem enviada à Lusa em que se exclui de uma corrida à presidência do clube.

"É triste que na situação atual lancem notícias possivelmente com terceiras intenções. A equipa do Sporting necessita neste momento de tranquilidade, paz e confiança", afirmou Luís Figo, dizendo-se surpreendido por o seu nome estar a ser apontado como provável candidato a uma eventual sucessão de Bruno de Carvalho na liderança do clube leonino.

Segundo Luís Figo, as notícias sobre essa possibilidade não têm "qualquer fundamento".

Luís Figo, 45 anos, iniciou a carreira profissional no Sporting, clube no qual cumpriu a formação, vestindo depois as camisolas de Barcelona, Real Madrid e Inter Milão.

O antigo internacional português foi Bola de Ouro em 2000 e vencedor do prémio FIFA para melhor jogador de 2001.

Bruno de Carvalho criticou na quinta-feira as exibições de alguns jogadores do Sporting, após a derrota em casa do Atlético de Madrid (2-0), na Liga Europa, tendo, na sexta-feira, 19 jogadores do plantel, entre os quais Rui Patrício, William Carvalho, Fábio Coentrão, Coates, Gelson Martins e Bruno Fernandes, divulgado um comunicado no qual manifestaram "desagrado" com as críticas.

Em resposta, Bruno de Carvalho anunciou a suspensão dos jogadores que subscreveram o comunicado e que teriam de enfrentar a disciplina do clube.

No entanto, os jogadores acabaram por defrontar o Paços de Ferreira (vitória por 2-0), no domingo, em jogo da 29.ª jornada da Liga, durante o qual o plantel foi aplaudido e o presidente assobiado.

Na segunda-feira, o presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube, Jaime Marta Soares, disse que Bruno de Carvalho não tem condições para continuar em funções e anunciou a intenção de agendar uma reunião magna com vista a uma eventual destituição do líder leonino.

Em resposta, Bruno de Carvalho anunciou que ele próprio vai convocar uma Assembleia Geral para que os sócios se pronunciem sobre a continuidade de cada um dos órgãos sociais.

25
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.