Frederico Varandas: «Há dois treinadores que se eu pudesse...»

Presidente do Sporting assegura "por experiência própria" ser muito difícil contratar um treinador de topo português

• Foto: Miguel Barreira

Frederico Varandas não tem dúvidas que existem dois treinadores que marcaram a sua passagem pelo Sporting e, se o Sporting estivesse financeiramente estável, que seriam as suas primeiras apostas para liderar a equipa principal dos leões: Leonardo Jardim e Jorge Jesus.

Em entrevista exclusiva ao 'Canal 11', o presidente leonino confessou "por experiência própria" ser muito difícil contratar um treinador de topo português, muito por causa do seu vencimento e da valorização que têm no mercado internacional.

"A minha visão de quem esteve e trabalhou com muitos treinadores, entre os quais vi alguns projetos desportivos resultarem razoavelmente, outros bem, outros mal. Há uma peça que para mim é fundamental: o treinador. E é extremamente difícil, porque hoje o treinador português está altamente valorizado, não é só o jogador português, basta olhar para um Paulo Fonseca, um Vítor Pereira, um Jorge Jesus, um Leonardo Jardim, um André Villas-Boas... vemos um pormenor que é muito importante, que é o seu vencimento. É extremamente complicado atrair hoje um grande treinador português [para Portugal]. Sei isso por experiência própria", começou por referir.

"Sempre fui muito próximo dos treinadores. Há dois treinadores que se eu pudesse... Leonardo Jardim e Jorge Jesus, para mim, de todos com quem trabalhei até hoje, estão lá em cima. E hoje, posso dizer sem dúvida alguma que o treinador do Sporting muito dificilmente dentro dos próximos três a quatro anos não está num dos melhores clubes europeus. Não tenho a menor dúvida do que tenho a dizer", acrescentou.

Frederico Varandas que, apesar de tudo, vê em Rúben Amorim características para dar um salto para um grande clube europeu num futuro próximo.

"Leonardo Jardim não conquistou títulos no Sporting e foi [para um grande europeu], não é por aí. O que eu estou a querer dizer é que Rúben Amorim, digo isto [do ponto de vista] de quem segue a sua metodologia de treino, liderança, o não ter medo de apostar num miúdo que tem talento... Não é só um treinador competente, é também um treinador comprometido [com a aposta na formação]", finalizou.

9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.