Record

Goleador de serviço anda numa roda-viva

LOURENÇO MARCA PELO SPORTING E RUMA À SELECÇÃO DE ESPERANÇAS

Goleador de serviço anda numa roda-viva
Goleador de serviço anda numa roda-viva • Foto: Pedro Ferreira
Uma verdadeira roda-viva. Tem sido assim a vida de Lourenço, que teima em demonstrar a Fernando Santos ser merecedor de um lugar ao Sol em Alvalade.

Depois de marcar o tento inaugural do Sporting na SuperLiga, o internacional Esperança português, que alinhou os 90 minutos frente à Académica, viajou para Lisboa, chegando pouco depois da meia-noite.

Deitou-se, descansou algumas horas, indo depois ao encontro de Custódio e Ricardo Quaresma, rumando os três a Espinho, tendo em vista a concentração da selecção de Esperanças - também fazem parte do conjunto das quinas os leões Beto II, Mário Sérgio, Santamaria e Danny, este cedido ao Marítimo -, que defronta amanhã a equipa da Bielorrússia, em Aveiro.

Humildade

O jogador sportinguista mantém os pés bem assentes na terra, apesar de ocupar cada vez mais espaço na Comunicação Social e nas tertúlias dos adeptos leoninos.

O discurso de Lourenço revela, todavia, a humildade existente num jovem que continua a construir a carreira a pulso. "Claro que fiquei feliz por ter apontado o primeiro golo do Sporting", referiu Lourenço ao "site" do clube de Alvalade, acrescentando: "Porém, o mais importante foi o triunfo alcançado fora de casa, diante da Académica. Conquistámos os três pontos, o que é bastante positivo para início de campeonato."

O tento rubricado ante o emblema de Coimbra deixa Lourenço ainda mais animado quanto ao futuro no Sporting. "Naturalmente, vou continuar a trabalhar como até aqui. O meu objectivo passa pela conquista de um espaço na equipa principal. Pretendo aproveitar ao máximo a oportunidade que me foi concedida de estar entre os eleitos", sublinhou o avançado sportinguista, que herdou a já famosa "camisola 16", pertença anteriormente do goleador Mário Jardel.

O jogador do clube de Alvalade não perde, também, a oportunidade para realçar o espírito de luta existente no grupo de trabalho verde e branco, que se reflectiu, por exemplo, na forma como deu a volta ao resultado no Municipal Sérgio Conceição, chegando ao êxito mesmo ao cair do pano.

"Todos os minutos contam. Felizmente, conseguimos marcar o golo da vitória, por intermédio de Beto, em pleno tempo de compensação", recordou Lourenço, que ambiciona, como é natural, repetir a titularidade na segunda jornada da SuperLiga, na qual o Sporting recebe o Belenenses no Estádio José Alvalade.
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

M