Gritos e protestos "exuberantes" valem suspensão de 10 dias a André Geraldes

Atitude do team manager dos leões frente ao Boavista em causa

André Geraldes foi suspenso por 10 dias devido aos protestos contra a equipa da arbitragem no triunfo do Sporting frente ao Boavista. O team manager dos leões "foi considerado expulso porque correu em direção ao árbitro assistente n.º 1, aos gritos, de forma exuberante e com os braços no ar", como se pode ler no mapa de castigos do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

A forma como o dirigente protestou acabou por ser suficiente para receber este castigo - e ainda uma multa de 383 euros -, mesmo que os protestos ou insultos não tenham sido compreendidos. "Contudo, a equipa de arbitragem não conseguiu perceber o que o agente disse em concreto", acrescenta o comunicado. Assim, a postura de André Geraldes foi determinante para a decisão do CD da FPF.

No mesmo encontro, o Sporting foi castigado com uma multa de 306 euros devido ao atraso de Rui Patrício na chegada ao túnel de acesso ao relvado antes do início da partida.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0