Invasão à Academia: Ministério Público acusa mais um adepto

Integrou o grupo de invasores que entrou no balneário

O Ministério Público (MP) do Montijo deduziu ontem acusação contra mais um arguido, no âmbito da invasão à Academia do Sporting, em Alcochete, a 15 de maio de 2018. A informação, avançada pelo ‘Correio da Manhã’, refere que este adepto dos leões, cuja identidade não foi revelada, integrou o grupo de invasores que entrou no balneário da ala profissional do Sporting, onde se encontrava a maioria dos jogadores, e além de ter ameaçado e agredido atletas ainda deflagrou um engenho pirotécnico que atingiu um elemento do clube.

A este propósito, frise-se que, pelo facto de o referido arguido se encontrar fora de Portugal quando foi deduzida a acusação no processo, será julgado num processo autónomo. É acusado pela prática, em coautoria, de um crime de introdução em lugar vedado ao público, dezanove crimes de ofensas à integridade física qualificada, vinte e quatro crimes de ameaça agravada e três crimes de coação, um deles agravado.

Por Record
24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.