Invasão da Academia ainda na memória de Podence: «Continuo a receber imensas mensagens»

Atacante que rescindiu com o Sporting sublinha ter sido "o pior momento" da sua vida

• Foto: Paulo Calado

Podence não esquece a invasão à Academia de Alcochete, a 15 de maio de 2018, e sublinha que, hoje, continua a receber "mensagens" de sportinguistas, devido ao facto de ter rescindido unilateralmente com os leões na sequência do ataque.

"Mesmo depois do ataque, no ano seguinte ou mesmo nos dias de hoje, continuo a receber imensas mensagens. Perguntam de forma agressiva 'por que é que saíste'. Isso magoa-me tanto ou mais do que o ataque", vincou Podence, à TSF.

"As pessoas que dizem que foi uma minoria que entrou na Academia, são as mesmas que me chamam nomes, que me desejam mal. Por isso eu ter ficado muito magoado e sentido", reforça o atual jogador do Wolverhampton, de 24 anos.

Recorde-se que, apesar de ter rescindido após a invasão, a SAD do Sporting conseguiu chegar a um acordo com o Olympiacos, em setembro de 2019, clube para o qual Podence seguiu, e amealhou 7 milhões de euros com o atacante.

16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.