Jesus: «Alan Ruiz tem potencial mas depois há outras componentes»

Técnico deixa pistas sobre o rendimento abaixo do esperado

• Foto: Paulo Calado

Jorge Jesus reiterou este sábado que Alan Ruiz tem um grande potencial, mas deixou pistas para a fase menos positiva que o jogador atravessa em Alvalade.

"Foi um dos jogadores que pedi ao presidente para contratar. Vi muito potencial. Na primeira época, fez uma segunda volta espetacular, cheguei a dizer que ele o Bas Dost eram a dupla mais forte da Liga. Tem umas características que se estiver sem competição e sem treinar, a sua forma de jogar é com pouca intensidade, e começa a perder muita qualidade, porque não tem medo de ter bola e perde muitas, e depois os adeptos começam a cobrar. Neste omento não se sente confiante, porque a confiança vem de dentro do campo. Agora, que tem potencial e talento, tem. Mas depois há outras componentes que os treinadores não conhecem quando os contratamos. Vamos olhar para a capacidade física, técnica, tática, mas depois há outras vertentes que tu não sabes, só abrindo a cabeça antes", começou por dizer, em conferência de imprensa.

"Isso também faz com que às vezes não consigas dar o passo à frente por questões emocionais e psicológicas. Mas o talento tem, sem dúvida nenhuma, e temos de tentar recuperá-lo. Continuar a insistir, insistir, sempre que ele queira. Quando estás em janeiro, muitos jogadores ficam focados mais fora do que dentro e isso tira algum rendimento. Não estou falar concretamente do Alan", acrescentou Jesus

O treinador debruçou-se depois dobre Mathieu e Coentrão, dois jogadores em bom plano nos leões, apesar dos conhecidos problemas físicos na carreira.

"Felizmente o presidente conseguiu trazê-los. Há jogadores de risco: fisicamente e desportivamente. Mas às vezes temos de avançar e às vezes não dá certo. Estes não, eram dois jogadores com confirmação do potencial futebolístico, mas o facto de não jogarem transmitia esse risco. Arriscámos porque acreditámos na qualidade e depois devido à forma como podíamos gerir clínica e desportivamente, com os dois departamentos em sintonia, é isso que temos feito. O departamento clinico tem feito um trabalho espetacular com os dois e nós não os deixamos entrar na ‘red line’.
Se vai ser até ao fim? Não sei, o que sei é que cada vez estão melhores", terminou.

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.