Jesus: «Só fico plenamente satisfeito se ganhar campeonato e Taça»

Técnico admite porém que ficar em segundo e vencer no Jamor "não era mau"

• Foto: Lusa

Jorge Jesus disse este sábado que só ficaria plenamente satisfeito se conquistasse ainda o campeonato e Taça de Portugal, ainda que tenha deixado escapar que ficar em segundo lugar e vencer no Jamor "não era mau". O técnico falou ainda do jogo de domingo com o Boavista, salientando os problemas físicos que afetam os leões.

Ganhar os títulos que restam

"No primeiro dia em que entrei nesta casa disse que o Sporting ia lutar com os rivais para todas as competições em Portugal. No segundo ano não foi assim. Foi no primeiro e está a ser no terceiro. Foi para isso que viemos para o Sporting, para ele chegar aos que eram os crónicos vencedores das competições em Portugal: FC Porto e Benfica. Eu só ficaria plenamente satisfeito com os três títulos: um já ganhámos. Ganhar dois [que faltam] não é mau, estou habituado a ganhar tudo e não era mau. Agora pleno, bom, excelente era ganhar os três."

Jogo com o Boavista

"O facto de estarmos envolvidos até praticamente às últimas jornadas… já não há muito mais margem de erro, tantos para nós como para os rivais. Vão ser quatro finais. Amanhã vamos ter aqui um jogo competitivo e duro. Um adversário que está a fazer um bom campeonato, uma equipa agressiva com bons jogadores, um jogo difícil. Se depois se torna mais fácil ou não, isso passa pela competência dos jogadores do Sporting".

Casa cheia em Alvalade

"É um sinal bonito e muito bom da paixão dos sportinguistas pelo clube. O Sporting está neste momento nas frentes, está a discutir o primeiro e segundo lugares. Isso é um acréscimo para motivar os adeptos. Ficamos muito satisfeitos e esperamos que eles fiquem felizes amanhã, dando-lhes a vitória."

Equipa com dificuldades físicas

"Tem sido a realidade do Sporting durante a época toda. Se conseguirmos passar este jogo, passamos a tempestade. Não temos tido tempo para recuperar mas a equipa tem dado uma resposta muito boa, e amanhã será o último jogo, porque depois passamos a jogar semana a semana. Até amanhã ainda temos muitas dúvidas. Só amanhã, num treino de pouca intensidade, vamos ter algumas indicações dos jogadores que posso lançar. Temos quatro ou cinco jogadores que não temos certezas sobre se podem ser lançados no jogo".

Momento de confiança

"A confiança vem pelas vitórias. Não é que seja novo esta época, entrámos no campeonato a ganhar os primeiros cinco ou seis jogos, agora estamos há quatro jogos a vencer e isso traz confiança num momento de decisões. Reforça ainda mais a possibilidade de atingir os objetivos, sentes que faltam poucos jogos e que estás bem, e isso ajuda-te a ultrapassar algumas questões, até de ordem física. É um sinal muito positivo. Ainda assim o Sporting vai fazer 60 jogos, faltam 5. Nem eu tinha feito tantos jogos numa época. Estar a terminar com tantos jogos num momento de forma em que as pessoas acham que está em cima, tem sinais de muita coisa, não só da qualidade dos jogadores mas da qualidade do trabalho."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.