Jorge Jesus ao lado ou contra Bruno de Carvalho? Técnico do Sporting explica o que disse

Técnico leonino havia dito que estava com os jogadores e com o Sporting após jogo com o Paços

A carregar o vídeo ...
Jesus2

Jorge Jesus esclareceu as suas palavras no final do Sporting-Paços de Ferreira, quando afirmou que estava do lado dos jogadores e do Sporting. Confrontado por Record sobre se tal declaração significava que não estava com Bruno de Carvalho, o treinador leoninou explicou.

"Nós estamos aqui para defender o Sporting, o Sporting é mais importante que tudo, e quando digo nós digo eu, jogadores, presidente e massa associativa", referiu na conferência de antevisão à receção ao Atlético Madrid (quinta-feira, às 20h05), para a 2.ª mão dos quartos-de-final da Liga Europa.

A crise no Sporting foi, naturalmente, um tema muito comentado na conferência, com Jesus, questionado sobre se os futebolistas iriam entrar em campo com receios de novas críticas depois do post de Bruno de Carvalho logo após o jogo em Madrid, a lembrar a estaleca da sua equipa: "Quem está nesta vida e tem uma formação, como eu, de catorze, quinze anos, isso não se coloca. Faz parte da profissão. Durante as nossas carreiras vamos errar e estamos sujeitos à crítica. A diferença para os clubes não tão grandes está também nisto, a forma como sabem passar por estas situações, que ao longo das suas carreiras vão acontecer."

Um triunfo apaga a semana 'horribilis'?

Uma polémica que teve origem com o Atlético Madrid poderá acabar no mesmo adversário? Jesus diz que o foco "é o jogo": "Amanhã defrontaremos um grande adversário e reconhecemos esse valor do adversário. Partimos em desvantagem mas acreditamos que temos algumas possibilidades, porque do outro lado está um adversário que pode marcar a qualquer momento. Mas, com um pouco de sorte também, podemos surpreender o adversário."

Jesus foi ainda questionado sobre se esta situação - que admitiu há dias nunca ter vivido na carreira de treinador - fará dele um melhor treinador, ao que o timoneiro leonino retorquiu, lembrando que a apreendizagem é diária: "Todos os dias aprendo. A vida dá-nos conhecimento em todas as áreas e eu não fujo à regra. Quando aprendemos é para evoluir, isso é importante e tento fazê-lo todos os dias."

Jesus1

Cantinho do Morais e Barcelona

Na conferência, Jesus admitiu desconhecer a reviravolta que o Sporting operou numa eliminatória com a Atalanta em 1963/64, rumo à conquista da Taça das Taças. Mas, como é óbvio, manifestou o desejo que a mesma voltasse a acontecer amanhã, dando como exeplo a reviravolta da Roma diante do Barcelona: "Não sabia dessa história do Cantinho do Morais. Claro que gostava e acredito que temos essa possibilidade de sonhar. Ninguém pensava que ontem era possível. Mas não é apenas um sonho. Às vezes acontece haver erros."

Jesus não quis ainda abrir o jogo sobre se Marcos Acuña será amanhã o lateral-esquerdo - dada a ausência do castigado Fábio Coentrão - mas deixou elogios ao argentino: "Apesar de não ser só essa hipótese, é a mais normal. O jogo com o Paços deu-lhe alguns momentos, quase 60 minutos, como lateral-esquerdo, e na Argentina também atua ali. Estamos seguros se ele tiver de desempenhar essa função."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.