Jorge Jesus fala em 10 minutos "tirados" ao jogo

Técnico critica "anti-jogo" do Tondela e permissividade do árbitro

• Foto: Epa

Jorge Jesus lamentou o empate do Sporting em casa, com o Tondela (1-1), apontando fatores como a pouca dinâmica e um alegado "anti-jogo" dos beirões como explicação para o deslize dos leões na 8.ª jornada da Liga NOS.

"O Sporting teve um jogo difícil, vem de um jogo com muita intensidade frente ao Dortmund. Na primeira parte não fomos uma equipa muito rápida, com a dinâmica que costumamos ter. A equipa Tondela também esteve bem organizada defensivamente. Tivemos a posse, mas não criamos golos. Na segunda parte transformámos o golo, com maior pressing. Foi uma reação boa da equipa na segunda parte. Não esteve muito esclarecida porque tinha algum cansaço acumulado do jogo da Champions", começou por dizer o técnico verde e branco, criticando depois a permissividade do árbitro: "Houve também muito anti-jogo e muitas quebras, tiram-se logo aí 10 minutos de jogo. O Tondela fez o que lhes competia e o árbitro permitiu. Tudo isso teve alguma influência neste resultado."

Se o Benfica vencer no domingo no Restelo, o Sporting poderá ficar a 5 pontos da liderança, mas Jesus diz que está tudo em aberto: "Claro que é preferível estar com os mesmos pontos que os adversários ou mesmo estar à frente, como já estivemos. Os campeonatos são assim. Tudo está em aberto, há muito campeonato e muitos pontos para serem conquistados. Os nossos adversários também terão jogos complicados pela frente."

Por Ricardo Granada e João Socorro Viegas
148
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.