Jorge Silas: «Quando vim para o Sporting sabia ao que vinha»

Treinador do Sporting afirma que o empate seria o resultado mais ajustado na receção ao Benfica

A carregar o vídeo ...
Silas: «Precisamos de gente que torne o plantel mais competitivo»

Momentos após a derrota (0-2) com o Benfica, no Estádio José Alvalade, Jorge Silas marcou presença na habitual conferência de imprensa. O treinador do Sporting afirmou que o encontro diante do rival foi "muito dividido", sublinhando que o empate seria o resultado que melhor "se ajustava".

"Acho que foi um jogo muito dividido com um Benfica melhor na primeira parte e nós melhor na segunda, quando o Benfica salta para a frente é num lance fortuito, num ressalto. Tive a ver os números e, em termos de números, estamos muito similares, a nível de remates estamos iguais e até nos cantos tivemos mais. Acho que fizemos um jogo razoável. Um Benfica melhor na primeira parte e nós na segunda, e acabámos por perder 0-2 num jogo em que penso que o  empate se ajustava."

Necessidade de reforços? Depois da derrota, a Taça da Liga ganha mais importância?

"É inevitável falarmos sobre isso, precisamos de gente que nos ajude e torne o plantel mais competitivo. A Taça da Liga tem a mesma importância, quer vencêssemos ou não, queremos ganhar a Taça da Liga. A importância é muita, porque somos o vencedor em título e queremos revalidá-lo."

Vai contar com Bruno Fernandes para o jogo com Sp. Braga?

"Não sei, à partida penso que sim. Vou preparar o jogo a contar com o Bruno, mas agora daqui até lá não sei o que pode acontecer."

Se pudesse definir aquilo que seria uma boa época a partir deste momento, como definia?

"Naturalmente que vencer a Taça da Liga e aproximarmo-nos dos dois primeiros e alcançar um deles seria bom, mas isso não apagaria o que está a ser esta temporada. Penso que não seria uma boa temporada. Realmente, a temporada até aqui nós não podemos considerar como uma boa temporada. Não podemos só fazer jogos repartidos com o FC Porto e Benfica, temos de ganhá-los. Vamos ver se daqui para a frente conseguimos fazer isso e competir pelo resultado. Dificilmente as equipas são superiores a nós, mas marcam e nós não."

Atualmente está a 19 pontos do Benfica com Bruno na equipa. Como será quando não tiver o capitão? Continua a achar que o plantel não precisa de milagres?

"Não, continuo a achar a mesma coisa. É preciso trabalho, só assim. Acho que na verdade nota-se trabalho da nossa parte, pelo nível de jogo que a equipa tem tido. Hoje, contra uma das melhores equipas da Liga, não fomos inferiores. Não mudo a minha opinião só por termos perdido hoje. Quando vim para o Sporting sabia ao que vinha. Sabia que o desafio era grande, que tinha e tenho muita vontade em mudar a onda negativa que tem havido. É claro que nos falta alguma coisa para podermos competir. Relativamente a não ter o Bruno, na eventualidade de o perdermos, teremos de procurar outras dinâmicas. Há 17 equipas em Portugal que não têm o Bruno, perderemos umas coisas e ganharemos outras."

Exibição de Camacho

"É um jovem com muito potencial, tem muito para crescer. É um jogador, tal como o Plata, em quem temos muita esperança, são jogadores de futuro. Vão ser figuras no futebol português, não tenho dúvida nenhuma. Eles têm tido oportunidades, mais o Camacho que o Plata, mas também as vai ter. Têm tido oportunidades porque trabalham bem e têm ajudado a equipa, por isso, vão continuar a tê-las."

Responsável pelos resultados da equipa

"O responsável sou eu. A partir do momento que eu vim para aqui que sou o responsável. Em termos gerais, penso que o nosso desempenho tem melhorado, mas temos de fazer mais golos. O responsável sou eu, não é mais ninguém. Eu é que sou o treinador do Sporting", finalizou.

Por Sérgio Magalhães
4
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.