José Eduardo: «O Benfica é o dono disto tudo»

Comenta processo a Slimani e arquivamento dos caso dos vouchers

• Foto: João Miguel Rodrigues

José Eduardo não poupa críticas ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol que abriu um processo disciplinar a Slimani, por alegada agressão a Samaris, no jogo da Taça de Portugal, arquivando as queixas do Sporting sobre os jogadores do Benfica.

"É um escândalo! O Benfica é o dono disto tudo, põe e dispõe, e a prova é o facto de este caso só ter ficado decidido dois meses depois da queixa e só quando o Benfica volta a estar na mó de cima, a dois pontos do Sporting. É a reedição do caso Hulk, em que o Benfica foi campeão [em 2010] porque conseguiu afastar Hulk [foi suspenso por quatro meses]", comentou o antigo futebolista e sócio do Sporting a Record.

E continua: "O Sporting não pode ficar calado perante uma injustiça destas. Pode, deve e tem de recorrer de tudo: do processo a Slimani, do arquivamento do caso dos vouchers… Há uma clara preferência e é sempre para o mesmo clube, o Benfica. As agressões dos jogadores do Benfica são igualmente graves e não são punidas porquê? Há claramente dois pesos e duas medidas, é uma vergonha. Tal como no caso dos vouchers, há sedução, aliciamento junto da máquina dos árbitros e isso é gravíssimo. Ao receberem os vouchers, não significa que os árbitros vão lá jantar, mas podem usufruir deles, podem dar a alguém… É aliciamento", considera José Eduardo que está disposto a sair à rua, "numa manifestação pacífica e legal", como forma de protesto de toda esta situação, que diz ser uma "injustiça".

Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0