Julgamento do ataque à Academia: tudo o que se passou na 6.ª sessão

Fábio Castro, primeiro sargento da GNR, e Rui Falcão, vigilante da Academia, foram ouvidos

18h40 - Fim da sessão. A próxima sessão será na segunda-feira, com apenas uma testemunha: Ricardo Gonçalves, chefe de segurança.

18h30 - Miguel Fonseca continua a fazer perguntas ao vigilante e pretende saber se este se sentiu se ameaçado? "Sim", responde Rui Falcão. O advogado pergunta de seguida se ligou para as autoridades. "Segui o protocolo e liguei ao chefe de segurança", diz o vigilante da portaria da Academia.

17h50 - Agora é a vez de Miguel Fonseca, advogado de Bruno de Carvalho, inquirir a testemunha. Pergunta se era só quando se registavam maus resultados que grupos de adeptos iam à Academia falar com jogadores. "Nem quando o Sporting ganhou a Supertaça ou a Taca da Liga?", é perguntado. O vigilante diz que não.

17h25 - Rui Falcão continua a responder às questões dos advogados e a relatar os factos. "Claro que tive medo. Ver um grupo a correr na minha direção com caras tapadas... Assusta", diz o vigilante.

17h17 - Os advogados de defesa têm agora a oportunidade de inquirir a testemunha. Tentam perceber como funciona a entrada das pessoas na Academia e quem dá autorização. 

17h05 - O vigilante Rui Falcão responde agora às questões da juíza, que pretende saber se o portão da Academia estava sempre aberto. "Sim, estava sempre aberto durante o dia. Só fechava a partir das 22h00", responde.

16h30 - O vigilante Rui Falcão responde à promotora do Ministério Público, descrevendo o que viu do ataque à Academia. "O condutor de um camião pesado tinha dito que um grupo de adeptos estava a vir em direção à Academia mas não acreditei. Pensei que era uma brincadeira e que estava a gozar comigo. Só depois quando os jornalistas entraram pelo portão é que vi o grupo a correr. Ao passarem por mim disseram para eu ficar sossegado. Era impossível meter-me à frente deles. Telefonei logo ao chefe de segurança a avisar", relata o vigilante.

16h20 - Advogado Rocha Quental pede a revisão da medida de coação de Mustafá: "Não há qualquer impressão digital no local onde a droga foi encontrada, não há indícios de a droga ser do Nuno Mendes. Não se provou que o arguido tenha estado no local nos dias ou sequer semana anterior pelo que peço a mitigação da medida de coação".

16h08 - Está a ser ouvido o porteiro da academia, Rui Falcão.

16h00 - Recomeça a sessão.

14h00 - Pausa para almoço. A sessão retoma às 15h30 com o depoimento do porteiro da academia, Rui Falcão. A juíza deverá também pronunciar-se sobre o pedido do Sporting de adiar a presença dos jogadores em tribunal, prevista para a próxima semana. 

13h00 - O mesmo advogado prossegue a inquirição ao e pergunta onde os detidos dormiram no dia do ataque, o que desagradou a juíza. "Estamos aqui para discutir factos. Não para saber onde os arguidos dormiram nessa noite", repreendeu a magistrada.

12h50 - As perguntas ao sargento da GNR continuam  e um advogado pede a nulidade da prova do arguido Ricardo Neves, devido ao não cumprimento de vários requisitos.

12h02 - Os advogados de defesa prosseguem com as perguntas à testemunha e a juíza repreende um advogado, que tenta saber qual era a cor do cinto que atingiu Bas Dost. "isto não é uma risota! É um julgamento muito sério e há pessoas detidas. A cor do cinto não relevante", atirou a juíza.

11h50 - Um advogado questiona o militar sobre a validade das detenções feitas no local de forma mais intensa. "Não há cá diálogos com a testemunha. Cinja-se aos factos. Qual é pergunta?", interrompe a juíza.

11h40 - A testemunha já foi inquirida pela procuradora do Ministério Público. Agora é a vez dos advogados de defesa fazerem perguntas ao militar.

11h03 - Fábio Castro recorda mais outro momento à juíza. "Lembro-me de ver o Bas Dost a queixar-se de um ferimento na cabeça. Disse que tinha sido atingido com um cinto. Recordo-me que todos os que estavam no balneário e que foram ofendidos disseram logo que queriam apresentar queixa criminal."

10h45 - Fábio Castro, primeiro sargento da GNR, começa a ser inquirido. O militar explica detalhamente à juíza as ocorrências do dia do ataque à Academia. "Lembro-me que ao entrar na zona do balneário vi o Jorge Jesus com um edema na face", descreve.

10h23 - Neste momento o advogado do Sporting e a juíza falam sobre o facto de os jogadores do Sporting não poderem comparecer na próxima semana, devido ao jogo em Barcelos. Discute-se o reagendamento das testemunhas ligadas ao Sporting. A juíza explica que vai decidir as novas datas a seguir ao almoço. Quer ouvir a primeira testemunha do dia.

10h12 - Primeira intervenção da juíza Sílvia Pires é para advertir os arguidos, chegando a ameaçá-los com o agravamento das medidas de coação, nomeadamente com a prisão preventiva. A juíza não quer mais queixas de mau comportamento e pede-lhes para se comportarem dignamente, sem problemas, dentro e fora do tribunal. No final da última sessão, terça-feira, um arguido foi colocado novamente em prisão preventiva.

10h06 - Começa a sessão.

10h00 - A CMTV está a adiantar que a juíza vai aceitar o adiamento da presença dos jogadores do Sporting para a semana de 9 de dezembro. 

9h38 - Os advogados e os arguidos vão chegando a conta-gotas ao Tribunal de Monsanto. O início da sessão está atrasado.

9h09 - Recorde aqui tudo o que aconteceu na última sessão.

8h59 - O Sporting vai pedir à juíza o adiamento das datas dos testemunhos dos jogadores e staff do clube, inicialmente marcados para a próxima semana. Os leões têm um jogo a meio da semana com o Gil Vicente, em Barcelos, e pretendem, por isso, pedir o reagendamento da presença dos seus quadros no tribunal. 

8h50 - Para hoje está previsto o depoimento de Fábio Castro, sargento da GNR do Montijo, e o porteiro da academia, Rui Falcão.

- Bom dia, seja bem-vindo a mais uma sessão do julgamento ao ataque à academia de Alcochete, que vai ter lugar, como habitualmente, no Tribunal de Monsanto.

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.