Juve Leo fala em censura de Varandas: «Mulheres e crianças tiveram de tirar os cachecóis»

Foram proibidos de entrar no Estádio Cidade de Barcelos adeptos leoninos que vestissem roupa ou adereços alusivos às claques em litígio com a direção

• Foto: Lusa

Foram proibidos de entrar, ontem, no Estádio Cidade de Barcelos, adeptos leoninos que vestissem roupa ou adereços, como cachecóis, alusivos às claques em litígio com o Conselho Diretivo do Sporting, Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI.

Através de comunicado, a Juve Leo apontou o dedo ao líder verde e branco: "Vimos mulheres e crianças a terem de tirar as suas camisolas e cachecóis. Ao questionarmos de onde tinha partido essa ordem, foi-nos informado que tinham sido ordens do presidente Frederico Varandas. Valeu-nos o bom senso da polícia, que acabou por permitir a entrada da roupa."

As críticas alargaram-se à equipa "sem garra, atitude e querer". "Resultado da incompetência que foi a planificação desta época por parte da estrutura", pode ler-se.

Publicação

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.