Juventude Leonina convoca protesto contra Frederico Varandas

Para 9 de fevereiro em Alvalade

• Foto: Miguel Barreira

A claque Juventude Leonina considera que com a eliminação na Allianz Cup foi "o fim da linha" e está a organizar uma manifestação em Alvalade, no dia 9 de fevereiro, uma manifestação "contra a atual direção". Neste dia, recorde-se, o Sporting recebe o Portimonense numa partida relativa ao campeonato.


Comunicado

"É o fim da linha.

É o fim da linha para a incompetência, para o trabalho silencioso, para a inexistente falta de estratégia desportiva, financeira e comunicacional.


O Sporting Clube de Portugal bateu no fundo e com estrondo, basta verificar que a nível do futebol Sénior ainda a 2ª volta do campeonato não se iniciou e o Sporting não só está a 19 pontos do 1º lugar como está a 15 pontos da "linha de água". Só nesta época já perdeu 5-0 na Supertaça, foi eliminado da Taça de Portugal pelo Alverca, eliminado da Taça da Liga e, não fosse tudo isto suficiente, encontra-se a 3 derrotas da sua pior época de sempre, sendo que irá visitar não só os rivais, como todos os restantes 8 primeiros da tabela.

O problema é de simples análise: trata-se do amadorismo de uma direção incapaz, repleta de autómatos que estão a mando de terceiros com interesses próprios. Basta.

Cumpre-nos apelar a todos os sócios, a todos os adeptos e simpatizantes que se unam e que sejam capazes de, em nome e interesse do nosso clube que tanto estimamos, com a dignidade que se impõe, dar a mão a estes senhores que se sentam nas cadeiras executivas e acompanha-los à porta de saída com um "até nunca mais".

O grave erro que subjaz a todo este problema é, precisamente, a falta de estratégia do Presidente Frederico Varandas e da sua entourage, pessoas sem qualquer sentido de missão, sem qualquer capacidade para gerir/ administrar o clube onde estão inseridos, cujos pergaminhos não se coadunam com a pequenez do discurso e das ações.

Mas já se antevia, o tipo de liderança que leva ao fracasso absoluto é precisamente aquela que é movida por interesses particulares sem sentido do coletivo. Nenhum homem pode conquistar resultados duradouros de natureza abrangente sem a cooperação dos outros, neste caso dos próprios associados.
Será possível um Presidente de um clube como o Sporting fazer a triste figura de estar presente numa cerimónia de condecoração do Treinador do Flamengo e não estar presente na cerimónia de agraciamento do único atleta português campeão do mundo de Judo? de seu nome Jorge Fonseca.

Será possível o Sporting Clube de Portugal permitir ao Benfica vir a Alvalade enfeitar o balneário de visitante como bem entendeu, como se em sua casa estivesse? Concedendo, como se fossemos uma agremiação de esquina.

Será possível vendermos um jogador titular da equipa principal no último dia do mercado, sem que o mesmo até o soubesse ou previsse, e fossemos buscar 3 emprestados pagos a peso de ouro, sendo que, o que vinha para substituir (nas palavras do estagiário do futebol) nem sequer 1mnt fez pela equipa do Sporting, fazendo aqui, na estância balnear de Alvalade, a sua recuperação até se ir embora?

De seus nomes Raphinha e Fernando, respetivamente.

Será possível os casos de, alegado, favorecimento sucederem-se do outro lado da 2ª circular e a nossa estratégia, infantil, de comunicação ser visar o próprio património Sportinguista? Sejam claques ou sócios discordantes.

Será possível termos um treinador pela primeira vez na história do clube sem carteira profissional para poder dirigir-se ao jogadores no decorrer de um jogo? Sendo aliás o 5º treinador deste Presidente e, cujos, resultados independentemente do que anunciam nas conferências de imprensa serem sempre os mesmos.

Será possível que não apostemos, finalmente, na nossa formação perante a mediocridade exibicional da equipa? É que os grandes arautos do futebol sempre disseram que a qualidade não tem idade (o nosso treinador, acha sempre que eles não estão preparados). Convenhamos que chamar os miúdos à equipa A para não os por a jogar, ou colocá-los a 5 mnt do fim é algo que não serve a ninguém, nem aos próprios nem ao clube. Basta. Onde está o Daniel Bragança? O Matheus Pereira; O Geraldes, já para não falar no Demiral e Domingos Duarte, despachados como se melhor houvesse.

Repare-se que, à data de hoje o Sporting Sub. 23 encontra-se a 8 pontos do 1º lugar, quando há bem pouco tempo estava destacado em 1º, ou seja, estragam-se duas equipas por uma gestão sem rumo e naturalmente danosa aos interesses do clube.

Algum Sportinguista reconhece trabalho a Hugo Viana? Mas que faz lá este Sr.?

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral tem a palavra e tem a obrigação de agir em representação dos associados, os sócios tem o poder decisório. Estamos a tempo, é preciso que se conceda que este é o momento: temos uma época perdida, pelo que, demos oportunidade a pessoas de bem, com sentido de liderança, de função, terem a possibilidade de, atempadamente, preparar uma época e reerguer o nosso clube, vamos a eleições e não deixemos mais a nossa marca, o nosso nome, ser tratado com esta leviandade.

O espaço que as pessoas ocupam e autoridade que as pessoas exercem pode sempre ser medida com precisão matemática pelo serviço que prestam. Basta.

Informamos, finalmente, que de forma congregada iremos participar de um movimento de protesto dos Sportinguistas contra a atual direção e a falta de rumo do nosso clube, na data de 9 de fevereiro de 2020 a ocorrer em Alvalade, em hora a designar".

35
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.