Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Leões e bávaros virados para a formação

João Benedito visitou nova academia do Bayern e retirou ideias positivas para os leões

Um dos temas levados para Munique foi a formação. João Benedito conversou com Karl-Heinz Rummenigge sobre as camadas jovens e, depois, conheceu, ao pormenor, como o clube alemão cria as estrelas de amanhã. O FC Bayern Campus, inaugurado no ano passado, é um centro de treinos inteiramente dedicado ao futebol de formação.

"Primeiro que tudo, devo dizer que Karl-Heinz Rummenigge demonstrou um grande conhecimento e respeito pelo Sporting enquanto clube formador. O nosso projeto é dotar de conteúdos programáticos os vários escalões de formação, ter os melhores treinadores que possam construir carreiras nesses mesmos escalões e olhar para a formação de homens. Queremos que o Sporting tenha uma formação que leve fornadas de jogadores para a equipa principal. Aqui, no Bayern, encontrámos uma estrutura semelhante à que queremos implementar, que nos faz ter confiança no modelo, que tem duas áreas de intervenção, a das infraestruturas e da direção técnica", explicou João Benedito, dando um exemplo. "Ficámos a saber que o Bayern tem um sistema de transporte para recolher jovens até 100 quilómetros de distância e tirámos notas de como poderemos adaptar à realidade do Sporting. É bom beber este conhecimento".

A academia bávara

E por falar em infraestruturas, o Campus do Bayern tem tudo o que possa imaginar. São oito relvados, dois deles sintéticos, já contando com um miniestádio, com capacidade para 2.500 espectadores – apenas utilizado pelos sub-19 e sub-17.

No total, são onze escalões e 250 atletas de várias idades agrupados num só complexo desportivo. E, salvo raras exceções, o clube segue esta rotina: escola de manhã, treino à tarde. Todos têm o seu espaço para cada escalão e apenas se encontram na sala de convívio.

Alaba representa uma das exceções

Kevin Schmidt, diretor adjunto dos escalões de formação do Bayern Munique, foi o guia desta visita pela academia. E foi também ele quem desvendou um pouco da filosofia do clube na hora de recrutar talentos. A prioridade é encontrar os melhores jogadores de Munique e depois alargar às cidades próximas e, em último caso, ao país inteiro. Também há casos de estrangeiros descobertos pelo sistema de scouting. Veja-se, por exemplo, o caso de David Alaba. O austríaco chegou ao Bayern com 15 anos e hoje, com 25, é um dos produtos da formação na equipa principal – Hummels e Müller são os outros.
Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M