Leões negam ter oferecido Wallyson ao Fulham

Clube confirma dívida de 200 mil euros aos ingleses

• Foto: Miguel Barreira

Em comunicado emitido no seu site oficial, o Sporting negou ter oferecido o empréstimo do médio brasileiro Wallyson Mallmann aos ingleses do Fulham para abater a dívida que os leões têm com os ingleses, ainda referente à transferência de Bryan Ruiz. Neste âmbito, os leões confirmam a existência da referida dívida, no valor de 200 mil euros, informando que a mesma "será liquidada em tempo útil".

Recorde-se que o portal inglês 'West London Sport' adiantou que o Sporting teria oferecido a cedência do jovem médio, de 21 anos, como forma de abater a referida dívida, apontando mesmo outros nomes de jogadores que os leões estariam dispostos a deixar sair.

Leia o comunicado:

"Em razão de notícias hoje publicadas, a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD entende esclarecer o seguinte:

1 - A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD tem para com o Fulham uma dívida de 200 mil euros contraída aquando da aquisição do jogador Bryan Ruiz, como resulta da informação financeira prestado oficialmente pelo Clube.

2 - Em nenhum momento, a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD propôs o empréstimo do jogador Wallyson como forma de resolução desta mesma dívida que será liquidada em tempo útil.

3 - As decisões sobre empréstimos ou alienações de activos são da exclusiva responsabilidade da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, não sendo estas decisões tomadas nas páginas dos jornais. Repudiam-se por isso todo o tipo de notícias em que se elaborem listas de jogadores e que visam desestabilizar o plantel profissional que é, reconhecidamente, de grande valor."

Por Fábio Lima
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.