Leões vão mesmo ter de pagar mais de 209 mil euros a Carlos Freitas

Tribunal da Relação rejeitou recurso

• Foto: Pedro Simões

O Sporting vai mesmo ter de indemnizar Carlos Freitas, antigo diretor-geral da SAD, em 209,461 mil euros, acrescidos de juros de mora, já que o Tribunal da Relação rejeitou o recurso da Sporting SAD.

"O acórdão da Secção Social da Relação de Lisboa foi proferido, por unanimidade, no passado dia 20 de abril, e dele já não cabe recurso", pode ler-se no comunicado divulgado por Carlos Freitas.

A nota diz ainda que a Sporting SAD "já não poderá continuar a alegar que esse seu ex-director geral desportivo era um 'administrador de facto', porquanto ficou decretado, em definitivo, que o mesmo era 'seu trabalhador' pela natureza laboral da relação contratual estabelecida".



Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.