Manuel José: «Se Bruno de Carvalho se queria perpetuar na história do clube... já o fez»

Treinador aborda a crise do Sporting em entrevista ao 'Correio da Manhã'

• Foto: Lusa

Manuel José defende que Bruno de Carvalho fez um trabalho muito bom no seu primeiro mandato e nas modalidades, mas aponta o dedo ao presidente dos leões na 'crise' atualmente vivida no clube de Alvalade.

"Se este presidente do Sporting se queria perpetuar na história do clube... já se perpetuou. Por todas as razões, as más, e já ninguém se vai esquecer do presidente Bruno de Carvalho. É verdade que o trabalho nas modalidades foi bom, o primeiro mandato foi bom, mas o ditado é antigo, as coisas não são como começam, são como acabam. O final de Bruno de Carvalho está a ser péssimo", afirmou técnico em entrevista ao Correio da Manhã.

"Nas duas ocasiões em que treinei o Sporting fui sempre muito bem tratado por todos os dirigentes - à exceção do João rocha - e pelos adeptos mesmo não tendo conquistado nenhum campeonato. O Sporting era um clube diferente e que sabia acarinhar as pessoas", recorda Manuel José, analisando ainda o atual momento do futebol português com outro: "A suspeição voltou ao futebol português. Estamos a voltar ao tempo anterior à época do Apito Dourado. (...) Quando certos árbitros eram escolhidos para os meus jogos... já sabia que ia perder, já sabia que estava tudo organizado para o adversário ganhar. (...) A justiça tem de ser implacável com os atuais casos mediáticos de corrupção." 


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0