Movimento recolhe assinaturas para destituir Bruno de Carvalho

Requerimentos no Jamor

• Foto: Pedro Ferreira

Quanto às iniciativas concretas que visam destituir Bruno de Carvalho, sabe Record, há mais do que um requerimento a circular e o movimento começou, de forma mais visível, já no domingo no Jamor, onde existiam dois pontos de recolha de assinaturas.

Para provocar uma AG de destituição, um grupo de sócios precisa de reunir assinaturas que totalizem, entre si, um mínimo de mil votos e apresentar o respetivo requerimento à mesa da AG que, mesmo demissionária, tem legitimidade estatutária para convocar a AG de destituição.

Um dos requerimentos, a que a ‘Tribuna Expresso’ teve acesso ontem, invoca a "sucessão de atos lesivos para o clube", "as suspeitas e investigações de corrupção no desporto" ou "o incentivo a atuações agressivas", para assim pedir o afastamento dos sete elementos do Conselho Diretivo que se mantêm em funções.

Depois do Jamor, os abaixo-assinados já começaram a percorrer o país e estão a ser partilhados, também, nos núcleos do Sporting. Um pedido de AG poderá ser formalizado a qualquer momento.

47
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.