Nani revela que podia ter jogado no Benfica mas explica por que escolheu o Sporting

Avançado português conta como acabou por assinar pelos leões

Nani é uma figura incontornável do Sporting, mas também podia sê-lo no Benfica. O avançado do Orlando City revelou como lutou para chegar a profissional e como acabou por escolher os leões.

"Era obcecado pelo futebol. Estava a jogar no Real de Massamá. Acordava às sete da manhã para fazer sprints. Ia para o campo sozinho, à chuva, para treinar os remates com o pé esquerdo, o direito. Rapidamente atingi um nível tão alto que estava a ser associado aos grandes clubes. ‘O Benfica quer-te, o Sporting quer-te’. Todos os anos alguém dizia isso, mas nada acontecia. Até que em 2003, quando tinha 16 anos, antes do nosso último jogo da época, um treinador que eu conhecia arranjou forma de me levar a um treino no Benfica. Depois disso, um dos treinadores do Benfica disse-me: 'Nani, diz ao teu treinador no Real Massamá que tens de jogar no domingo. Alguém do Benfica vai lá observar-te. Eu estava super entusiasmado. Mas o problema é que já tínhamos vencido o campeonato e o treinador quis pôr a jogar os que não tinham jogado muito ao longo da época. Eu disse-lhe: 'Por favor, tenho de jogar. Vem cá uma pessoa do Benfica ver-me. Ele disse-me que me ia meter na primeira parte. O jogo começou e eu estava tão nervoso que nada estava a sair-me bem. Mas a três minutos do intervalo recebi a bola no meio-campo. Fintei todos os jogadores, passei pelo guarda-redes e marquei. E eu pensei: 'Este é provavelmente o golo que vai salvar-me", conta ao ‘The Players Tribune’.

Só que, na realidade, não estava ninguém do Benfica na bancada a observá-lo. "Fiquei devastado. Quase comecei a chorar e até perdi o apetite. Mas alguns dias depois recebi uma carta. Era um convite do Sporting para treinar com eles duas semanas".

Nani recorda que chegou a treinar no Sporting e no Benfica ao mesmo tempo. "Foi uma loucura. À segunda treinava num nos dois maiores clubes de Lisboa e à quarta treinava no outro. (...) No fim do verão, recebi uma mensagem do Sporting: 'Aparece amanhã às 10h00. E também recebi uma mensagem do Benfica: 'Aparece amanhã às 10h00. Respondi OK às duas. Podia ter escolhido o Benfica, mas tinha muitos amigos no Sporting e conhecia o treinador [era professor de ginástica na escola de Nani]. Voltei lá e joguei muito bem num torneio de pré-época. Dois dias depois, o treinador deu-me uma palmada nas costas. ‘Nani, eu sempre soube que tu ias ficar connosco’", revela.

A chegada ao Sporting transformou a vida de Nani. "Quando assinei, todos os meus problemas financeiros ficaram resolvidos", admitiu.

Por Miguel Custódio
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0