Nuno Saraiva desafia Conselho de Arbitragem a passar das "palavras bonitas aos atos"

Após ter reconhecido erro no golo anulado a Doumbia

• Foto: Miguel Barreira

Nuno Saraiva, diretor de comunicação do Sporting, deixou esta segunda-feira o desafio o Conselho de Arbitragem de passar das palavras bonitas aos atos que se impõe" depois de ter reconhecido o erro ao golo anulado a Doumbia.

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) emitiu um esclarecimento sobre o protocolo do videoárbitro (VAR) em que reconheceu o erro na anulação de um golo do Sporting, na 22.ª jornada da Liga.

Post de Nuno Saraiva

"Hoje, o Conselho de Arbitragem veio a público fazer um acto de contrição pelo erro colossal que ontem foi cometido, em Alvalade, ao ser anulado um golo limpo ao Doumbia. Muitos dirão que não muda nada, mas a verdade é que esta atitude do Conselho de Arbitragem não pode deixar de ser registada e enaltecida porque, desde logo, significa um exercício raro de honestidade intelectual e de coragem para reconhecer um erro.

Dito isto, a questão que se coloca é a de saber se o Conselho de Arbitragem vai passar das palavras bonitas aos actos que se impõe. Isto é, em qualquer empresa ou organização serve de pouco ter uma liderança competente quando, abaixo de si, o quadro técnico é incompetente. Em qualquer empresa ou organização, aquilo que se exige são padrões de excelência, e quem não os cumprir tem que ser afastado. Quando as direcções não agem desta forma, acabam por ser elas, mais cedo ou mais tarde, a pagar a factura da incompetência."

19
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.