Nuno Saraiva e o castigo de Vieira: «Pouco para a barbaridade a que se assistiu»

Diretor de comunicação comenta suspensão do presidente do Benfica

• Foto: Miguel Barreira

Nuno Saraiva comentou esta quinta-feira o castigo aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol ao presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira - suspensão de 60 dias - sublinhando considerar "pouco".

"Pensamento do dia: 60 dias de castigo, que foram claramente, pouco para a barbaridade a que se assistiu", escreveu o diretor de comunicação do Sporting na sua página de Facebook, listando logo de seguida: "Debandada de atletas; 600 milhões de dividas; Contribuintes a pagar dividas alheias; Lesados do BES; Agressões no trânsito; Agressões num banco; Associações a lavagens de dinheiro; Clubes fantasmas; Vouchers; E querem continuar a deitar fumo para os olhos das pessoas?".

E prosseguiu: "Podem tentar de tudo mas vão continuar a ser desmascarados. E, isto mesmo, num país onde alguma comunicação social não é isenta mas que, como tudo o resto, vai começar a mudar. E, quando perderem esse ultimo bastião'...

Nuno Saraiva concluiu ainda que o Sporting não se distrai "com actuações de circo e palhaçadas de ocasião". "Nós somos o Sporting Clube de Portugal e preferimos o doce sabor das vitórias!", pode ler-se ainda.


Por Sofia Lobato
197
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.