Octávio Machado: «Só o Sp. Braga se aproximou de nós»

Diz que em 2015/16 nenhuma equipa fez melhor do que os leões

• Foto: Simão Freitas

Para Octávio Machado, apenas uma equipa conseguiu, ao longo de toda a temporada 2015/16, colocar em causa o jogo do Sporting: o Sp. Braga. As restantes, segundo o diretor geral dos leões, não estiveram nem perto. Na ordem do dia continua ainda a questão da arbitragem e aí o dirigente do Sporting é claro. A culpa não é dos juízes.

"Não somos líderes por acaso. Não vem de agora. A família sportinguista não se vai deixar iludir. Esta união é sagrada, apesar de todas as tentativas para acabar com ela. Sábado vamos dar mais uma prova disso mesmo. O Sporting, o presidente, Jesus, pelo que fizeram, trouxeram nova dinâmica ao futebol português. Antes era uma pasmaceira, agora já são três na luta. Estamos cá!", assegurou, à Sporting TV.

"Em jogo jogado, e com todo o respeito por todos os adversários, só o Sp. Braga se aproximou de nós. Fomos sempre superiores. O que aconteceu na Champions foi inadmissível. Nunca tinha visto uma equipa ser empurrada para fora desta maneira. Na Taça de Portugal, grande jogo, grandes jogadores, grandes treinadores. Mas no fim houve um prejudicado, com um golo limpo anulado. Uma distração de um assistente, que anulou o 4-3 ao Slimani e nos empurrou para fora. Assim fomos eliminados destas duas competições. Quero acreditar que foi um erro do assistente, mas houve mais… Na Madeira, com o União; a rocambolesca situação com a Académica, a analisar uma decisão do assistente…", apontou.

Mesmo assim, Octávio iliba os juízes de responsabilidades, apontando-as a quem os comanda: "Os árbitros são dedicados. Mereciam ter outro presidente no Conselho de Arbitragem. E digo isto com mágoa porque fui um dos que votou em Vítor Pereira, enquanto representante dos treinadores".

Por António Adão Farias
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.