Ordem dos Notários repudia acusações de Bruno de Carvalho

"Não pode questionar, sem qualquer fundamento, a dignidade profissional de quem está a exercer funções públicas", refere em comunicado

• Foto: Lusa

A Ordem dos Notários repudia, em comunicado divulgado esta segunda-feira, as acusações de Bruno de Carvalho, na sequência da Assembleia Geral do clube, sábado, que ditou a sua destituição do cargo de presidente do Conselho Diretivo.

"O Notário é um oficial público, que toma posse perante o Ministro da Justiça, cuja função consiste em conferir fé pública aos atos jurídicos e nessa medida está obrigado por Lei a respeitar os princípios da legalidade, autonomia e imparcialidade. A função de um notário no âmbito de uma assembleia-geral, independentemente, de quem a requereu, é, de forma objetiva, descrever e certificar em instrumento avulso os factos que presenciou", pode ler-se no comunicado, repudiando "a insinuação proferida pelo Dr. Bruno de Carvalho no sentido de que o notário iria adulterar a ata da Assembleia-geral, e mencionar na mesma factos falsos."

O comunicado prossegue referindo que Bruno de Carvalho "pode, como qualquer outro cidadão, apresentar junto da Ordem dos Notários as suas queixas referentes ao notário em causa, mas não pode questionar, sem qualquer fundamento, a dignidade profissional de quem está a exercer funções públicas. Os dirigentes desportivos devem ter consciência da responsabilidade que acarreta o mediatismo das suas funções, e não podem, de forma inimputável, colocar em causa as instituições públicas!"

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.