Os objetivos de Silas no Sporting: da recuperação anímica ao "sonho" dos títulos europeus

Treinador do Sporting assume ambição para o futuro

• Foto: Rui Minderico

Em entrevista à Sporting TV, onde já havia falado de tudo um pouco, Silas explicou aquilo que pretende da equipa do Sporting e apontou bem alto na hora de mirar objetivos futuros. Ainda que assuma que numa primeira fase seja essencial "recuperar os jogadores animicamente", o técnico do Sporting deixa no ar a ideia de que voos mais altos podem estar reservados a esta equipa leonina.

"A nossa ideia é ir passo a passo. Primeiro é recuperar os jogadores animicamente, e as vitórias trazem isso, depois é implementar a ideia que temos porque acreditamos que é essa ideia que nos pode levar ao mais alto nível. Em seguida, o treinador do Sporting tem que pensar em títulos. Não há hipótese! Não se pode ser treinador do Sporting sem pensar em ganhar títulos. Eu já sonhava em ganhar títulos no Belenenses, imaginem aqui! Acho que os títulos são importantes para a nossa carreira de treinadores, para o Sporting muito mais importante do que para nós. O objetivo final é levar o Sporting a conquistar títulos e o grande sonho é fazer aquilo que o hóquei fez, vencer títulos internacionais que são muito mais difíceis para clubes portugueses do que para outros clubes de outros países com outro poderio financeiro. O nosso grande sonho são títulos nacionais, pois são uma obrigação de um treinador que esteja no Sporting, e depois o grande sonho são os títulos internacionais", declarou o técnico leonino.

Sporting precisa de entreajuda entre todos: de jogadores a adeptos?

"Sim, acho que é muito importante até por tudo o que o Sporting passou. É importante podermos unir-nos. A união não é um discurso que use muito, pois parto do princípio que deveríamos ser todos um, só isso faz sentido, não faz sentido o contrário. Podemos ter opiniões diferentes, eu na minha equipa técnica quero opiniões diferentes da minha, mas não vou criar guerras por isso. Vou ouvir, vou pensar e logo decido. Tem que ser assim em todos os departamentos. O nosso grande objetivo tem que ser um Sporting mais forte, nunca pode ser um Sporting mais fraco. Vamos precisar de toda a gente em todos os momentos, não é só quando perdemos ou quando ganhamos. Se estivermos todos podemos chegar a um sítio que nos orgulhemos todos. O nosso objetivo é criar uma equipa que os sportinguistas se orgulhem"

Usa mais o nós do que o eu…

"Não trabalho sozinho, nunca joguei sozinho também. Muito do sucesso que possamos vir a ter depende sobretudo dos meus jogadores e das pessoas que estão a trabalhar connosco. Dos adeptos também, eu acho que não faz sentido falar no singular, mas sim no plural. Aquilo que vemos no campo é um trabalho de muita gente. Na Academia somos imensa gente e não há ninguém que seja mais importante… O nós é algo que sai naturalmente, não penso só em mim"

Como gostava de ser relembrado?

"Nunca tinha pensado nisso. O que queremos é criar uma equipa da qual os sportinguistas se possam orgulhar e sei que o orgulhar é jogar bem e ganhar títulos. Esse é o nosso grande sonho"

Por João Soares Ribeiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.