Pedro Gomes: «O Sporting joga um futebol muito previsível»

Antigo jogador leonino considera que a equipa revelou falta de "regularidade exibicional" esta época

• Foto: Paulo Calado

O antigo jogador do Sporting, Pedro Gomes, considerou que o terceiro lugar dos leões no final na Liga NOS ficou a dever-se, em grande medida, à falta de "regularidade exibicional" da equipa.

"O Sporting não manteve uma regularidade exibicional, é uma equipa sem dinâmica, que joga um futebol muito previsível e baseado nas figuras individuais. O coletivo não é forte a atacar", destacou Pedro Gomes, em declarações à Lusa.

Num balanço do campeonato que chegou ao fim neste domingo, o ex-futebolista e treinador destacou os pecados da equipa de Jorge Jesus, embora continue a defender o experiente técnico como o "melhor" a nível nacional.

"O grande objetivo do Sporting era vencer o campeonato e isso gorou-se por completo. Ganhou a Taça da Liga, que foi bom, e está na final da Taça de Portugal, que pode ganhar", disse à Lusa, acrescentando: "Acho que Jesus não perdeu a classe, o saber e a experiência. Foi campeão no Benfica vários anos, pelo que era o treinador ideal para fazer do Sporting campeão. Em termos nacionais, creio que é o melhor".

Apesar de se prolongar por mais um ano o jejum de título de campeão, o antigo jogador leonino defendeu que o Sporting deve voltar a investir forte no plantel para atacar com outras ambições o campeonato.

"É o sonho do presidente e o de todos os adeptos. Este ano investiu-se mais, mas não se contratou jogadores com velocidade, que é uma das grandes armas no futebol. Penso que o Sporting já equilibrou as contas com este empréstimo e este reforço bancário dos acionistas", frisou.

Paralelamente, Pedro Gomes manifestou a sua esperança de que "haja uma acalmia" entre todos os elementos, "começando pelo presidente e passando pelo treinador e pelos jogadores" do plantel.

"Deve fazer-se uma reflexão sobre o que não correu bem esta época", referiu, apelando ao aparecimento de "ideias inteligentes" para a próxima época e destacando como principais figuras 'leoninas' Gelson Martins, Bruno Fernandes, Bas Dost e Rui Patrício.

Por outro lado, a perspetiva de fim de ciclo nos leões, com as possíveis saídas de Rui Patrício e William Carvalho para o estrangeiro, é relativizada por Pedro Gomes, que contrapôs o retorno financeiro como compensação de um eventual abandono das referências dos últimos anos do clube.

"Se saírem o William e o Rui Patrício são dois jogadores difíceis de colmatar, dada a sua qualidade, mas, em termos financeiros, o Sporting fica a lucrar bastante, porque vão render muitos milhões", sentenciou.

O Sporting terminou a edição 2017/18 da Liga NOS na terceira posição, com 78 pontos, menos 10 do que o campeão FC Porto e a três do 'vice' Benfica (81).

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0