Pedro Madeira Rodrigues: «Segunda volta? Mudar agora seria irresponsável...»

Candidato à presidência dos leões e a proposta de Dias Ferreira

• Foto: Paulo Calado

R - Por que não quer cumprir os quatro anos de mandato, caso seja eleito a 8 de setembro?

PMR – Com tantos candidatos é improvável que alguém ganhe com mais de 50%. Temos pena de não ter havido esta alteração visando uma segunda volta, mas mudar agora seria irresponsável. A pessoa eleita tem legitimidade para os quatro anos, mas eu vou assumir que os sócios me estão a dar uma oportunidade de terminar este mandato. Dois anos e nove meses é tempo suficiente para sermos campeões.

R - Sabe que no futebol por vezes a bola bate na trave...

PMR – Estamos convictos que faltam dois anos e nove meses para mostrar o projeto a nível desportivo e financeiro. Se tivermos menos de 50%, completaremos o mandato de BdC, e depois os sócios podem ver se fizemos um bom trabalho. É um ‘timing’ e ajuda a resolver uma eventual situação de injustiça, pois daqui a dois anos e nove meses já todos se podem candidatar. Somos diferentes, queremos ganhar por 25% e durante quatro anos ninguém toca mais nisso.

R - Não teme que esta ideia possa prejudicar a sua candidatura?

PMR – Duvido que alguém consiga vencer com mais de 50%. Se o conseguirmos, vamos mudar a página e fazer o melhor trabalho possível.

R - Se ganhar, qual será a sua primeira medida?

PMR –Passar um sinal de união que qualquer presidente tem de dar. Com os que participaram e não participaram no ato.

Por João Soares Ribeiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0