Poiares Maduro diz ter vergonha de ser do mesmo clube de certos adeptos

Antigo ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional comentou violência em Alcochete

• Foto: Lusa

Miguel Poiares Maduro, antigo ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional e ex-presidente do comité de governação da FIFA, disse esta terça-feira sentir vergonha de partilhar o clube de certos adeptos, aludindo aos incidentes de violência na Academia do Sporting.

"Tenho orgulho em ser do Sporting mas hoje, pela primeira vez, tenho vergonha em ser do mesmo clube de certos adeptos (a confirmar-se, como tudo indica, que se tratam de adeptos do Sporting). Os adeptos que agrediram os jogadores e a equipa técnica não têm lugar no Sporting (nem na proximidade de qualquer estádio de futebol)", escreveu Miguel Poiares Maduro, na sua página no Facebook.

"Tenho a certeza que falo pela quase totalidade de adeptos do Sporting quando digo que, depois do que se passou, só há uma resposta possível de todos os verdadeiros sportinguistas: total solidariedade com a equipa, aconteça o que aconteça e seja qual for o resultado de domingo. A única resposta moral possível, independentemente de qualquer juízo desportivo, é reiterar a confiança neles e nos técnicos. Como adepto do Sporting as minhas desculpas aos jogadores e técnicos agredidos", rematou o antigo governante.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas