Quando o pavilhão visita a academia

Técnicos e capitães foram a Alcochete a convite de Bruno Fernandes e Sebástian Coates

Habitualmente separados por quilómetros, o futebol e as modalidades do Sporting uniram-se ontem em Alcochete, num evento que visou aproximar as duas realidades e também fomentar o espírito de união. Bruno Fernandes e Coates, capitães da equipa de futebol, estenderam o convite aos seus homólogos e respetivos técnicos das cinco modalidades de pavilhão para conhecerem os cantos da Academia, sob olhar do líder Frederico Varandas.

A comitiva que 'veio' do Pavilhão João Rocha, liderada pelo vogal Miguel Afonso e pelo diretor-geral das modalidades Miguel Albuquerque, foi composta por Thierry Anti e Frankis Carol (andebol), Luís Magalhães e James Ellisor (basquetebol), Nuno Dias e João Matos (futsal), Paulo Freitas e Ângelo Girão (hóquei em patins) e Gersinho e Miguel Maia (voleibol). Além de terem visitado a ala da formação e do futebol profissional, os ‘homens-fortes’ das modalidades juntaram-se a Bruno Fernandes, Coates e Silas ao almoço.

"Temos muito a aprender uns com os outros. Falei disso com o Nuno [Dias], quero ir ver treinos dele", confessou Silas, à Sporting TV. Por sua vez, Bruno Fernandes diz que a iniciativa "devia acontecer mais vezes". "Ajuda à união e ao maior conhecimento acerca do universo sportinguista", frisou, corroborado por todos.


As declarações dos intervenientes na íntegra:

Silas
- "Acho que temos muito a aprender uns com os outros. Há coisas muito boas que podemos adaptar de várias modalidades. Estava a falar com o Nuno sobre isso, gostava de ir ver treinos dele. Isso de o futebol estar fechado numa bolha é cada vez menos verdade. Começamos a ver que há coisas que se podem aproveitar de outros desportos. Gosto de aprender."

João Matos
– "Desde que o mister Silas entrou existiram inúmeros jogos, viagens e estágios, o que não facilita o contacto. Mas dou-me bem com o Bruno, muito antes de estarmos neste convívio. É sempre importante juntar a família sportinguista."

Bruno Fernandes – "São iniciativas que deviam acontecer mais vezes, porque representamos todos o mesmo clube. Defendemos todos as mesmas cores. É importante sabermos o que eles sentem e eles o que nós sentimos. Por vezes torna-se difícil encontrarmos-nos, mas tentamos ir ao pavilhão e sabemos que eles vão ao estádio. Ajuda à união e ao maior conhecimento acerca do universo sportinguista. Muitas vezes os jogadores das modalidades não têm conhecimento do futebol e vice-versa. É importante saber o trabalho e dificuldades diárias deles."

Nuno Dias
– "Este convívio é sempre importante, somos todos defensores da mesma casa. Concordo que deva ser feito regularmente, não só nesta época, mas no futuro. Existem sempre ideias a trocar."

Paulo Freitas – "É uma satisfação enorme. O futebol está mais distante pela questão geográfica, nós cruzamo-nos todos os dias no Pavilhão. É uma troca importante de experiências."

Miguel Maia – "Estamos aqui com muita vontade e partilhámos experiências. É o que nos vai engrandecer."

Luís Magalhães – "Encontro interessante, a gente do desporto é gente boa."

Ângelo Girão – "Criamos laços de proximidade às outras modalidades, nomeadamente o futebol. É importante não só virmos aqui, mas também eles no pavilhão. A simbiose é importante."

Thierry Anti
– "Muito curioso para ver e compreender muitas coisas. É bom ter uma boa academia para o futebol, mas se fosse possível algo semelhante para as modalidades também seria bom para o Sporting."

Por Ricardo Granada
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.