Recandidatura de Bruno de Carvalho não surpreende Dias Ferreira

"É natural e desejável", considera o antigo candidato à presidência do clube de Alvalade

• Foto: Pedro Ferreira

Dias Ferreira não se mostra surpreendido com o anúncio da recandidatura de Bruno de Carvalho à presidência do Sporting, apesar de, nos últimos dias, ter considerado a possibilidade de motivos de ordem pessoal poderem apontar em sentido contrário.

"Já esperava. Não estou surpreendido. Só tive dúvidas, durante estes últimos dias, porque podia estar em causa algum facto de natureza pessoal. Não havendo, é natural e desejável", considera o antigo candidato à presidência do clube de Alvalade, que entende ter ainda o atual presidente uma importante obra para completar.

"Ele próprio não dá por terminada a sua obra. Aliás, num clube há sempre coisas para fazer", defende o antigo presidente da mesa da assembleia geral do Sporting, mostrando dúvidas sobre o aparecimento de mais concorrentes às eleições de março, uma data que considera "perfeitamente disparatada" para a realização do ato eleitoral.

O comentador televisivo aceitou ainda comentar o aparecimento de uma candidatura alternativa de Bruno Carvalho, a de Pedro Madeira Rodrigues, embora sublinhe o facto de não não conhecer pessoalmente o gestor de empresas, de 45 anos. "Não o conheço, julgo mesmo que nunca me foi apresentado pessoalmente", afirma Dias Ferreira, admitindo tratar-se, ainda assim, "um grande sportinguistas".

A terminar e, em relação ao facto de, a cerca de três meses do ato eleitoral, existirem já dois candidatos, o advogado recorda que esta "é uma constante do clube". "É positivo, se as eleições fossem só de quatro em quatro anos, mas, às vezes, não é", conclui Dias Ferreira,

Por João Lopes
19
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.