Recolha de assinaturas dá legitimidade

Movimentos começaram no domingo no Jamor

• Foto: Pedro Simões

A convocatória de uma assembleia geral de destituição poderia ser feita por proposta da própria MAG mas não deverá ser essa a solução, pois grupos de sócios tomaram a dianteira do processo e vão reunir as assinaturas necessárias para o efeito. Uma forma de conferir maior legitimidade à iniciativa, já que é diferente a eventual queda de Bruno de Carvalho ser provocada pela MAG ou por associados (mais ou menos) anónimos, descontentes com a situação. Os movimentos começaram no domingo no Jamor e alastraram-se, entretanto, aos núcleos do Sporting espalhados por todo o país. Na quinta-feira, quando for realizada a nova reunião dos órgãos sociais, Jaime Marta Soares já deverá ter na sua posse as assinaturas obrigatórias para levar a cabo a AG (correspondentes a um mínimo de mil votos). Record teve acesso a um dos requerimentos que encabeça o pedido de destituição. Em AG, com maioria simples (50+1), a decisão pertencerá (de novo) aos sócios.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0