Ricardo Dionísio: «O nível dos jogos que pretendíamos era outro»

Preparador físico do Sporting preferia subida da qualidade do adversário a cada jogo

Após a segunda vitória do Sporting, neste estágio na Suíça. Desta feita por 4-1 frente ao Stade Lausanneo preparador físico Ricardo Dionísio considerou que ainda há muito trabalho pela frente e ainda mencionou que preferia que o grau de dificuldade dos jogos de preparação fosse em crescendo.

"Trabalhamos de forma árdua durante estes oito dias. Gostaríamos de ter tido jogos de grau de dificuldade crescente, mas não foi possível. Fisicamente é um período complicado, porque os jogadores sofrem um pouco mais. Ainda há muito trabalho pela frente", referiu.

Já sobre o possível regresso de Bas Dost, Dionísio apenas comentou que jogadores da qualidade do holandês são sempre bem-vindos.

"Jogadores com o potencial e a qualidade de Bas Dost fazem falta a qualquer equipa. Temos de aguardar pelas incidências do mercado. Se vier vamos ficar muito contentes", garantiu.

Sobre o processo de seleção do plantel final, o elemento da equipa técnica de José Peseiro tem gostado do empenho destes jogadores, mas assumiu que há decisões para se tomar.

"O estágio foi muito positivo. Criámos um grupo sólido, com vontade de trabalhar e de aprender as ideias do mister Peseiro. Têm mostrado ao treinador que são opções válidas", sublinhou.

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.