Record

Ricciardi assume oposição a Varandas: «Não tem capacidade para resolver o problema do Sporting»

Banqueiro e candidato nas últimas eleições explica os motivos

• Foto: Sporting CP
José Maria Ricciardi assumiu ser oposição a Frederico Varandas, um mês depois de ter perdido as eleições do Sporting para o antigo diretor clínico dos leões. À CMTV, o banqueiro explicou a sua decisão por não reconhecer no atual líder capacidade para resolver o que considera ser o principal problema do clube: as finanças.

"Estou aqui hoje porque pensei que ao fim de um mês se estaria a resolver o problema financeiro do Sporting. Tinha avisado que a situação era gravíssima. Muitos entendem que o futebol é o fundamental e Varandas apresentou-se como 'expert' no futebol. As pessoas entenderam que o sucesso do futebol é que é o importante. Não vislumbro qualquer capacidade nesta direção para resolver o problema. O Sporting encontra-se em situação de pré-falência. Não vejo capacidade nesta direção para resolver. Sem dinheiro não há futebol", começou por dizer Ricciardi, que se recusa a ajudar esta direção.

"Porque os sócios votaram de forma inequívoca nesta direção e tenho de respeitar isso. Não tenho o direito de propôr-me ajudar uma direção quando fui candidato e os sócios não me quiseram. Não reconheço a Varandas qualquer credibilidade para resolver o problema do Sporting. (..) Estou disposto a ajudar mas não é com o dr. Frederico Varandas", vincou.

Questionado sobre uma das conclusões da auditoria forense, que questiona o destino de 700 mil euros supostamente pagos em scouting, Ricciardi desdramatizou: "Não me preocupa porque não é o maior problema do Sporting. Como disse antes, o problema do Sporting não são 700 mil euros, são mais de 100 milhões de euros."

José Maria Ricciardi: «Sporting encontra-se em pré-falência»
Rejeita ser 'vira-casacas'

Ricciardi rejeitou ainda ter mentido quando, após perder as eleições, disse que Varandas era o seu presidente: "Passado um mês percebi que superou as piores expectativas. Sporting está à beira da falência e tudo a assobiar para o lado. Estou disposto a ajudar mas não é com o dr. Frederico Varandas. Quem cria instabilidade é que mostra ao fim de um mês que não tem capacidade para resolver este problema. Não gosto de ter razão antes do tempo mas tive. Tenho uma equipa que resolve o problema mas respeito a decisão dos sócios."

O banqueiro apresentou ainda 26 de novembro como uma data fundamental: "Se em novembro, conforme as notícias dizem, não se fizer o empréstimo obrigacionista prevejo o pior."

Culpado não é Varandas

Ricciardi sublinhou, porém, que Varandas não foi o causador desta situação: "isto vem do tempo de Bruno de Carvalho."
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas