Ricciardi desmente Bruno de Carvalho: «Passagens do livro a meu respeito são inventadas»

Antigo presidente do Sporting escreveu que o conhecido sócio lhe pediu perdão "de joelhos"

• Foto: Duarte Roriz

José Maria Ricciardi desmente categoricamente as passagens do livro de Bruno de Carvalho, 'Sem Filtro - As Histórias dos Bastidores da Minha Presidência' - em que é visado pelo antigo presidente leonino. O conhecido sócio do Sporting, candidato às últimas eleições e ex-presidente do BESI, garante à revista 'Visão' que os factos descritos são "inventados".

"As passagens que o dr Bruno de Carvalho faz no livro a meu respeito são as três falsas e inventadas", assegura. "Na altura em que o dr Bruno de Carvalho era presidente, eu disse que só lhe via dois destinos: ou ser arrastado para um processo criminal e recolher à cadeia ou ser internado numa casa para tratamento psiquiátrico. Infelizmente, das duas alternativas, a segunda já não vai ser possível, porque ele já foi arrastado para um processo criminal e, brevemente, como tudo indica, irá dar entrada na cadeia."

Recorde-se que, no livro, Bruno de Carvalho escreve que Ricciardi "não teve qualquer influência na reestruturação com a banca" e que lhe terá pedido perdão de joelhos.

30
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.