Ristovski identifica agressor de Acuña em tribunal

Jogador do Sporting está a ser ouvido no julgamento do ataque à Academia de Alcochete

Ristovski está esta terça-feira no Tribunal do Montijo no âmbito do julgamento do ataque à Academia de Alcochete. Tal como aconteceu ontem com Maximiano, Wendel e Mathieu, o jogador do Sporting está a ser ouvido por videoconferência no Tribunal de Monsanto e recordou que, na altura do ataque, estava dentro do balneário, em pé. Viu os adeptos pela primeira vez na sala das botas, quis sair mas não conseguiu porque a porta estava trancada. Ristovski conta que os adeptos gritavam palavrões e ameaças, entre as quais "vamos matar-vos".

Quando percebeu que os adeptos iam invadir a ala profissional, Ristovski diz que voltou para trás e ficou no corredor de acesso ao balneário. "Tenho a certeza que, naquele espaço, entraram 15 a 25 pessoas. Dentro do balneário foram cerca de 10 a 15", relatou.

O lateral alegou ainda que os jogadores conseguiram fechar a porta metálica que dá acesso ao balneário, mas os invasores conseguiram abri-la. Os adeptos tentaram perceber quem estava em pé e quem estava sentado, para ver em quem "batiam primeiro". "Estava em pé e ao meu lado estava o Acuña", disse. O jogador recorda que os adeptos dirigiram palavras concretas a Acuña e Battaglia, mas também falaram ao grupo: "Esta é a vossa última oportunidade, não podem jogar desta forma", disseram.

Ristovski recorda que "4 ou 5 rodearam Acuña e deram-lhe chapadas de mão aberta na cara e na cabeça". O lateral diz que também presenciou agressões a Battaglia, ao mesmo tempo que se tentava proteger. 

O jogador disse ainda que os agressores de Acuña e Battaglia não eram os mesmos, pois os 10 a 15 adeptos que entraram no balneário "dividiram-se" entre os jogadores. Ristovski diz que se lembra de dois invasores negros e um outro, branco, com um dente dourado. O trio entrou no balneário, diz o futebolista, referindo que o indivíduo com dente de ouro atacou Acuña e que os dois invasores negros ficaram a falar com Ricardo Gonçalves, alegando que o chefe de segurança estava a tentar afastar esses dois invasores para assim proteger os jogadores.

A juiza confrontou posteriormente Ristovski com algumas fotografias questionando-o se reconhecia o indivíduo em questão. Ristovski respondeu que a qualidade da imagem é má, mas identificou-o como o indivíduo do dente dourado. De acordo com a CMTV, trata-se de Leandro Almeida.  

(notícia atualizada às 16h06)

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.