Roquette não vai apresentar queixa contra Bruno de Carvalho mas fala em "falsidades"

Antigo dirigente explica o motivo

• Foto: Vítor Chi

José Roquette, antigo dirigente do Sporting, afirmou esta terça-feira que não vai apresentar queixa-crime contra Bruno de Carvalho pelas palavras do presidente leonino contra si, ainda que fale em mentiras.

"Em relação às falsidades que o presidente do Sporting proferiu a meu respeito na Assembleia Geral do passado dia 17 – que me preocupam muito menos do que, nas circunstâncias, possa acontecer ao meu Clube – não julgo que ele mereça que perca tempo apresentando uma queixa-crime por difamação que seria devida", começou por dizer o antigo dirigente leonino.

Roquette explicou, porém, o que aconteceu no passado: "Em qualquer caso esclareço que, quando há 12 anos atrás João Rocha fez as declarações agora repetidas na citada Assembleia, apresentei queixa-crime e pedido de indemnização cível a reverter a favor do Sporting, e que desisti da acção, em 2011, porque o seu estado de saúde se deteriorara e entendi que essa era a forma correta de proceder".

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.