Rúben Amorim e a saída de Bruno Lage: «Um dia é ele, outro dia serei eu»

Treinador do Sporting solidário com o homólogo do Benfica

• Foto: Sporting CP

Rúben Amorim foi confrontado com o despedimento de Bruno Lage no Benfica e lembrou que a vida de treinador é feita em função dos resultados.

"Não tem nada que me surpreender. O futebol é assim, um dia é o míster Lage, outro dia serei eu, é assim a nossa vida, um abraço para ele. O foco é a nossa equipa, não olhamos para o lado, só se andássemos muito distraídos com o que tem sido o fuebol portugêes. É dar graças a Deus que não é o nosso clube com problemas mas temos muito para fazer e é manter o foco nos próximos jogos e na próxima época", disse o treinador do Sporting na conferência de antevisão ao jogo de quarta-feira com o Gil Vicente.

Questionado sobre a possibilidade de ainda ultrapassar o Benfica no segundo lugar - em caso de triunfo diante dos gilistas, os leões reduzem para 9 pontos a diferença -, Amorim desvalorizou: "não pensamos em lugares, temos uma distância menor para o quarto. Temos de jogar jogo a jogo e uma vitória ou derrota muda muito a forma como se vê uma equipa. Nesta fase nao é importante, o foco é totalmente na sua nossa equipa e temos muito para melhorar."

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0