Rúben Amorim e as acusações de que o Sporting é beneficiado: «Isso são dores de crescimento»

Técnico reagiu às críticas do FC Porto à arbitragem dos jogos dos leões

• Foto: Sporting CP

Rúben Amorim foi esta sexta-feira confrontado com as críticas do FC Porto à arbitragem dos jogos do Sporting, nomeadamente de que os leões estejam a ser beneficiados. O técnico garante que isso são "dores de crescimento" e que em Alvalade só se vê verde à frente.

"Sempre estivemos focados nos nossos jogos. Vamos continuar a fazê-lo. Não ligar ao que vem de outros lados. Só vemos verde. Mas em relação a isso não posso de deixar de dizer que isso faz parte. São dores de crescimento. Se no último jogo falei de dores de crescimento, isso também faz parte. Quanto mais o Sporting crescer, mais problemas desses vamos ter. Estamos preparados para isso enquanto equipa técnica e estrutura. Portanto já temos algum conhecimento do que irá acontecer no futuro. É bom sinal e há que continuar, mas para isso é preciso manter o foco no que realmente interessa, que é vencer o Famalicão. Todos os jogos para nós são muito difíceis e vamos lutar para ganhar", afirmou em conferência de imprensa.

Por Miguel Custódio
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Tokyo Verdy - Kyoto3.763.51.67 Kashiwa Reysol - Shonan Bellmare1.733.183.88 Vissel Kobe - Tokushima Vortis2.382.842.65 Shukura Kobuleti - Dinamo Tbilisi6.583.621.39 Brisbane Strikers - Capalaba Bulldogs2.633.751.99 Montedio Yamagata - V-Varen Nagasaki2.033.043.04 Zweigen Kanazawa - Blaublitz Akita1.793.023.83 Machida Zelvia - FC Ryukyu2.472.872.53 Giravanz Kitakyushu - Renofa Yamaguchi2.343.172.46 Jubilo Iwata - Omiya Ardija2.033.043.05
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.