Rúben Amorim: «Ganhámos como uma equipa grande mas não jogámos como uma equipa grande»

A análise do treinador do Sporting ao triunfo caseiro sobre o Gil Vicente (3-1)

• Foto: Paulo Calado

Rúben Amorim disse que o Sporting teve estrelinha de campeão "aqui e ali" na vitória caseira (3-1) sobre o Gil Vicente. No entanto, o treinador leonino admitiu que a sua equipa esteve uns furos abaixos do esperado em alguns momentos do encontro, valendo o querer, a qualidade individual e os elementos que saltaram do banco.

Entradas de Daniel Bragança e Tiago Tomás, que construíram o segundo golo

"Estávamos um pouco precipitados e tentámos criar ali novos movimentos. O Tiago Tomás já teve jogos em que entrou melhor mas deram a volta ao resultado e não posso pedir mais. Estão de parabéns."

Vitória com estrelinha de campeão?

"Começa a ser uma característica da equipa, que acredita até ao fim. Tentámos, não sempre da melhor forma, mas o jogo só acaba aos 90'. Aqui e ali podíamos falar um pouco em estrelinha de campeão, tentámos às vezes não da melhor forma mas tentámos sempre ganhar o jogo. O Gil encaixou no nosso sistema e foi muito agressivo nas marcações. Tivemos dificuldades nos corredores, o Nuno e o Pedro perderam muitas bolas. Mas eles deram tudo. Ganhámos como uma equipa grande mas não jogámos como uma equipa grande."

Mentalidade vencedora

"Estamos na quinta jornada ainda, mas esta equipa tem mostrado grande coração. Hoje não tivemos um rendimento tão forte mas mesmo com as coisas a não correrem bem, esse aspeto manteve-se. Os jogadores estão a crescer e são muito unidos. Ao falar na dinâmica ganhadora, muito do mérito é dos jogadores."

Daniel Bragança

"O passe dele foi muito bom, assim como o movimento do Tiago Tomás. O míster Rui Almeida preparou bem o jogo e nós estávamos desinspirados. Agora o Matheus também é capaz de inventar espaços mas precisa de estar inspirado e hoje não teve isso. Teve o Dani nesse momento, a desequilibrar. A diferença de qualidade fez a diferença hoje. O Dani tem muita qualidade, está na Primeira Liga pela primeira vez. É muito forte com a bola no pé, muito inteligente. Falta-lhe outras coisas mas vai trabalhar para isso. O João Mário vem ocupar um pouco o espaço dele mas ele tem treinado bem, como se nada fosse, e hoje entrou muito bem."

Mexeu com os jogadores a possibilidade de chegar ao 2.º lugar?

"Senti a equipa um pouco ansiosa, até pela forma boa como o Gil Vicente defendeu. Acho que mexeu nesse aspeto com a equipa."

Jovane no corredor central?

"Se é para continuar não sei. Tem feito bons jogs e consoante o jogo vamos escolher entre ele e o Sporar. Estou satisfeito com ele, dá o máximo, vai melhorar."

Por Record
20
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.