Rúben Amorim: «Vou sentir o clube de uma forma diferente da que sentia»

A primeira reação do treinador à conquista do título

• Foto: Paulo Calado

Rúben Amorim admitiu que o título conquistado hoje lhe retirou "peso", depois do valor da sua contratação. À Sport TV, o treinador leonino garantiu ainda que só pensa em continuar em Alvalade

"Principalmente o staff passou maus momentos, tiveram a recompensa hoje. O mérito é dos jogadores que acreditaram, que são muito humildes. É o reflexo da nossa época, fomos melhores, sofremos mas conseguimos no fim. Eu sentia o peso, é algo que realmente me tiram de cima, pelo campeonato, pela aposta arriscada, queria ganhar pelo clube e também por outras razões que não são nada saudáveis. Toda a gente precisa de tempo. O Paulinho marcou um golo, falhou três ou quatro. Ganhámos, esta época só podia acabar assim: com muito sofrimento, com um golo do Paulinho e com esta gente toda. Vou sentir o clube de uma forma diferente da que sentia quando aqui cheguei. Isso não há dúvida. Não vou a lado nenhum, a não ser que paguem tudo. Se Deus quiser cá estaremos. Ainda vou trabalhar com mais prazer. Eu só fiz duas promessas, quando nasceu o primeiro e o meu segundo filho. A bola entra, somos ou não somos campeões... é sorte. Agora tenho de passar no curso, vai ser muito difícil. O ano passado tivemos a época com mais derrotas, esta fomos campeões... é por isto que o futebol é tão bonito", começou.

"Obrigado aos jogadores. Foi muito difícil porque fomos muito criticados e aproveitámos para trabalhar. Era normal. Mas eles merecem, o Alex, o enfermeiro, a malta do scouting a carregar malas quando era preciso. Foi a tempestade perfeita. O jogo na Madeira foi muito especial. Eu fico mais orgulhoso para não termos justificado eliminações na Liga Europa, encaixámos as críticas todas. É um orgulho ver que os jogadores não se queixaram de nada. É o caráter deste grupo, onde não havia vedetas. Falo muito do Vitorino, do João Pereira, porque são jogadores que dão tudo quando entravam e quando era preciso. Eu acredito sempre, sempre acreditei noutros clubes e aqui não é diferente. Agora, para o próximo ano, as competições europeias... vai ser difícil, muito difícil. Se não vencêssemos hoje já iam falar do autocarro que andou a passear... enfim. Os sportinguistas levaram com isto durante muito tempo, que aproveitem. Finalmente vou dormir bem e preparar o Benfica porque temos um jogo muito importante e queremos continuar a vencer", acrescentou Amorim, agora à Sporting TV.

Por Record
11
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.