Salgado Zenha explica por que motivo Bruno Fernandes não precisa de sair em janeiro

Administrador da SAD revela, por outro lado, os motivos que levaram à venda de Bas Dost

Francisco Salgado Zenha não tem dúvidas que a atuação do Sporting no mercado de verão foi a mais acertada. Em entrevista à 'Rádio Observador' o vice-presidente e administrador da SAD explica por que motivo o clube não vendeu Bruno Fernandes, por que Bas Dost teve de sair e por que razão o capitão não precisa de deixar Alvalade em janeiro.

"A SAD do Sporting poucas vezes teve resultados positivos. Se definíssemos a estratégia só com base nos resultados líquidos do ano, seria difícil tornarmo-nos numa estrutura profissional. Não é fulcral vendermos o Bruno Fernandes em janeiro porque temos outras formas de gerar receita e de nos financiarmos. Temos de as procurar, no Sporting é mais difícil do que, por exemplo, na EDP, mas temos alternativas. No mercado de verão tivemos de tomar decisões, a venda do Bruno Fernandes para muitos era um dado adquirido, era possível ele sair, mas não foi o caso e optámos por vender outros jogadores", considerou.

Voltava a fazer o mesmo? "Tudo o que fizemos voltava a fazer, não há dúvida. Não fazia sentido aceitar o que ofereciam pelo Bruno Fernandes. A venda do Bas Dost foi feita porque o custo que ele representava não era comportável para a realidade do Sporting. O que temos de perceber é que o Sporting não tem capacidade para ter todos os jogadores e tem de tomar decisões. Esta foi a decisão."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.